Xiaomi pretende fabricar celulares no Brasil

09 04 2018 06 37 23 9936546
Devido ao sucesso de vendas desde que retornou ao Brasil, a Xiaomi agora planeja começar uma produção de celulares no país e fala um pouco sobre os desafios
Anúncio
Samsung  campanha  Connected Living para promover conectividade de produtos  do lar

Desde que a Xiaomi voltou ao Brasil em junho do ano passado, os produtos da empresa chinesa vêm se tornando cada vez mais populares por aqui. Em uma parceria com a DL Eletrônicos, não apenas os smartphones e os acessórios inteligentes da marca ganharam destaque como também outros tipos de produtos como patinetes e mochilas.

E graças a esse sucesso em terras brasileiras, Luciano Barbosa, head da Xiaomi aqui no Brasil, já anunciou que o catálogo vai aumentar nesse ano. Além disso, ele confirmou também que a Xiaomi já esta estudando a possibilidade de iniciar uma produção desses produtos diretamente no país.

Desafios de fabricar produtos da Xiaomi no Brasil

Xiaomi retornou ao Brasil no ano passado e teve balanço positivo até agora
Xiaomi retornou ao Brasil no ano passado e teve balanço positivo até agora

A decisão ainda não foi tomada, o que deverá acontecer só em maio. Porém, as vantagens e desvantagens da fabricação de celulares da marca aqui no Brasil já estão sendo balanceadas. Luciano falou um pouco sobre o planejamento e principalmente sobre os desafios que a empresa pode encontrar aqui, além das vantagens.

Como desafio ele cita o Custo Brasil. Isso porque muitos consumidores comparam os preços de produtos vendidos lá fora com o preço desses mesmos produtos vendidos dentro do país, e a Xiaomi acaba tendo destaque porque sempre apresentou aparelho com custo/benefício vantajoso.

“As pessoas veem o preço lá fora e comparam com o preço daqui. Isso acontece com outras marcas também, mas no nosso caso é um desafio grande porque a Xiaomi é conhecida pela boa relação custo-benefício. Ainda consigo ser melhor que meus concorrentes nesse aspecto, mas em relação à expectativa do consumidor é um desafio para a gente. “

Porém, o executivo afirmou que acredita que se eles começarem de fato a fabricar produtos aqui, com o tempo a compra no mercado local vai aumentar e ultrapassar a internacional. Isso porque comprar produtos de outros países vem com riscos como o de taxas extras, demora da chegada do produto, tecnologias que não são compatíveis com as daqui como as frequências de 4G e plugues de tomadas, e até mesmo o risco grande de serem mercadorias falsas.

Em relação ao fato do dólar estar alto, ele disse que isso acaba afetando todo mundo, até mesmo seus concorrentes, porque embora para ele isso pese no preço de venda do produto, também vai pesar para o preço da matéria prima nos outros.

Um futuro promissor

Caso a decisão seja positiva, é a DL Eletrônicos que vai fabricar os produtos da Xiaomi por aqui. Inicialmente apenas alguns produtos do catálogo começariam a ser produzidos no Brasil, e a tendência seria aumentar a produção e a variedade gradativamente com o tempo.

O plano é que sejam lançados mais de 10 celulares da Xiaomi pela DL Eletrônicos durante todo o ano de 2020. Vale ressaltar que no momento já existem 14 modelos de smartphones sendo vendidos por eles, todos são importados.

Fonte: Mobile Time

2 Comentários

Clique aqui para postar um comentário