Iniciativa Women Entrepreneurship (WE) anuncia primeiras startups selecionadas

we
A Women Entrepreneurship selecionou as primeiras startups que farão parte de seu programa inovador de desenvolvimento

O programa Women Entrepreneurship (WE) (“Empreendedorismo Feminino”, em inglês) nasceu em novembro de 2019 pelas mãos de diversas empresas: Microsoft Participações, Sebrae Nacional, Bertha Capital e Belvedere Investimentos. O principal objetivo desse programa é incentivar o desenvolvimento de iniciativas disruptivas, de base tecnológica, que tenham pelo menos uma mulher como sócia do empreendimento, com pelo menos 20% de participação societária.

E nesta quinta-feira passada (12/03), o programa Women Entrepreneurship revelou em um evento realizado na sede da Microsoft, em São Paulo, os nomes das primeiras startups selecionadas. Duas delas farão parte do fundo de investimentos WE Ventures e outras dezoito serão integrantes da organização de fomento WE Impact, que oferece investimento estratégico e financeiro a startups em estágio mais inicial.

Neste artigo você irá conhecer mais sobre o programa WE e as startups escolhidas para participar desse projeto inovador e tão necessário para o desenvolvimento social, econômico e profissional do mundo.

Startups se juntam ao Women Entrepreneurship (WE)

Além das empresas criadoras do programa Women Entrepreneurship, hoje mais três corporações se juntaram ao grupo: Flex, Pacto Energia e Grupo Sabin. O WE Ventures também anunciou a realização de um investimento em mais duas empresas: Pack ID e WE Impact. Esta última será o veículo do fundo para investimento de capital estratégico, através de seu programa de desenvolvimento de startups.

Mulher olhando no smartphone com um logo da Women Entrepreneurship ao fundo
A Women Entrepreneurship apoia startups que invistam no empoderamento feminino

As primeiras startups apresentadas ao público que vão receber o apoio da WE Impact são: Dinie, Afinando o Cérebro, Exemplaria Solutions e AI Robots. Outras 14 startups também farão parte do programa: Raks Tecnologia Agrícola, EntregAli, DNA da Educação, Tamboro, Abler Recrutamento Digital, Uffa, Ananse, Você Tech, Wecondo, Pontue – Redação Inteligente, Soul.Med, Logpyx, Cash.in e Coopark.

“Hoje, também temos o prazer de anunciar a Flex, o Grupo Sabin e a Pacto Energia como novos apoiadores e investidores do Fundo nas seguintes áreas respectivas: Internet das Coisas (IoT), Saúde e Energia”, revela a executiva Marcella Ceva, executiva-chefe de investimentos do WE Ventures.

“O objetivo da Pacto ao fazer parte do Women Entrepreneurship é ser o link de soluções inovadoras, via tecnologia, às ‘dores’ e oportunidades do setor elétrico que atualmente passa por uma enorme mudança, denominada de ‘transição energética’”. O Fundo será uma oportunidade para estimular a integração do empreendedorismo brasileiro e feminino ao setor elétrico. Além do apoio financeiro, o grande objetivo será aproveitar a oportunidade de conectar as startups com as corporações que fazem parte do Fundo, assim como seus clientes e redes de parceiros”, afirma Rodrigo Pedroso, CEO da Pacto Energia.

Neste primeiro processo seletivo, um número impressionante de 924 startups se candidataram! A Women Entrepreneurship já anunciou que realizará a abertura para novas inscrições em breve, as quais poderão ser feitas através do link

“Integrar este ecossistema de inovação e fortalecer o empreendedorismo feminino está na essência do Grupo Sabin. Somos uma empresa reconhecida e premiada pelo modelo de gestão que engaja lideranças femininas e fomenta a diversidade. Além disso, investir em inovação e tecnologia é um dos pilares estratégicos dos nossos planos de expansão projetados para este e os próximos anos. O Sabin soma forças com as healthtechs para oferecer serviços e produtos de excelência desenvolvidos com o que há de mais avançado em tecnologia. Apostamos em soluções inovadoras para democratizar o acesso à saúde de qualidade e entregar valor ao cliente”, comenta Dra. Lídia Abdalla, Presidente do Grupo Sabin.

Conhecendo a WE Ventures e a WE Impact

O programa Women Entrepreneurship se propõe a estimular o empreendedorismo feminino em duas frentes. Primeiro, temos o WE Ventures, com o objetivo de captar R$100 milhões em até cinco anos. O foco do WE Ventures é investir em startups lideradas por mulheres durante uma fase conhecida como “vale da morte”, na qual existe um alto risco de mortalidade e os recursos financeiros estão abaixo do necessário para permitir que a startup consiga se expandir. 

Por outro lado, a WE Impact atua para formar novas startups, acompanhando as empreendedoras durante toda sua jornada de negócios, incluindo investimento de capital estratégico e financeiro, além de oferecer networking e serviços especializados.

A Pack ID foi uma das primeiras startups a participar do programa da WE Ventures. A empresa é especializada no monitoramento de temperatura e umidade em tempo real com foco em evitar perdas, utilizando inteligência de dados aplicada a toda a cadeia de distribuição de produtos perecíveis. Sua CEO é Caroline Dallacorte, tecnóloga em processos gerenciais, mestre em tecnologia e gestão da inovação, engenheira de alimentos.

A WE Impact, tem como objetivo tornar o Brasil referência em empreendedorismo feminino na tecnologia, atuando em três pilares: investimento, comunidade e cultural. Ou seja, trata-se de um modelo de fomento que apoia empreendedoras mulheres desde a criação de uma ideia até que elas se tornem inspiração para a nova geração de empreendedoras de empresas inovadoras, tecnológicas e escaláveis.

“Procuramos empreendedoras dispostas a liderar empresas inovadoras que resolvem problemas reais em escala significativa. Estamos apostando em suas startups e no impacto que suas soluções podem gerar no mercado e na sociedade como um todo”, afirma Lícia Souza, CEO da WE Impact.

Conheça as startups selecionadas pela WE

A seguir você pode conferir mais detalhes sobre cada uma das startups selecionadas pela WE nessa primeira fase do programa:

  • PackID:  fundada em Chapecó, em Santa Catarina, é especializada no monitoramento de temperatura e umidade em tempo real com foco em evitar perdas, utilizando inteligência de dados aplicada em toda a cadeia de distribuição de produtos perecíveis. 
  • AI Robots: startup de Belo Horizonte, MG, que atua com uma plataforma de inteligência artificial para robôs e equipamentos industriais, utilizando aprendizado de máquina para manutenção preditiva. Luma Boaventura é a CEO da empresa. 
  • Afinando o Cérebro: uma healthtech de Sorocaba, SP, que desenvolve jogos terapêuticos para o desenvolvimento auditivo.
  • Dinie: uma conta digital que fornece uma linha de crédito rotativa e reutilizável para pequenos negócios. 
  • Exemplaria: uma RHTech de Campinas, SP, que criou um algoritmo capaz de monitorar o engajamento das pessoas e das equipes prevendo a eventual saída de colaboradores ou diminuição da produtividade. 

A iniciativa WE faz parte de uma série de ações concebidas pela Microsoft para estimular o desenvolvimento e a democratização do uso da Inteligência Artificial (IA) no Brasil e, entre elas está a criação de projetos que gerem um impacto social sustentável no nosso país.

“Fomentar o empreendedorismo feminino é se preocupar com um problema real em nossa sociedade. Somente 2,2% dos investimentos globais de venture capital foram para startups com CEOs mulheres, em 2017. Entre essas empresas, menos de 2% tinham mulheres latino americanas como fundadoras, segundo pesquisa Distrito 100 Super Founders. Por isso, mais que oferecer investimento, a iniciativa WE quer ajudar a criar líderes mulheres que sirvam de exemplo para as gerações futuras”, afirma Franklin Luzes, vice-presidente da Microsoft Participações.

Parceria WE Impact e ONU Mulheres

Durante o evento de anúncio das startups selecionadas, a WE Impact anunciou uma parceria com a ONU Mulheres. A organização assinou os Princípios de Empoderamento das Mulheres, mais conhecidos por sua sigla em inglês WEPs. Este conjunto de princípios fornece orientações sobre como capacitar e empoderar as mulheres no local de trabalho, no mercado e nas comunidades onde as empresas atuam.

Logo da ONU Mulheres
A WE Impact firmou uma parceria com a ONU Mulheres

A primeira ação conjunta da WE Impact e ONU Mulheres pretende ser a inclusão de conteúdo exclusivo como um dos pilares do programa de desenvolvimento a ser oferecido para todas as startups, e seus times, apoiadas pela WE Impact. 

Os parceiros da WE

A WE conta com diversas empresas parceiras nesse programa inovador. A seguir você pode conferir mais detalhes sobre cada uma dessas companhias:

  • Flex: uma empresa líder em soluções da ideia à comercialização (sketch-to-scaleTM) que projeta e constrói produtos inteligentes produtos para um mundo conectado. Com mais de 200.000 profissionais em 30 países e uma promessa de ajudar a tornar o mundo mais inteligente TM, a empresa oferece um design inovador, engenharia, manufatura, visão da cadeia de suprimentos em tempo real, serviços de logística e logística reversa para empresas de todos os tamanhos em várias indústrias e mercados.
Prédio da flex
A flex investe na no projeto e construção de produtos inteligentes
  • Grupo Sabin: Há 36 anos atuando no Brasil, o Grupo Sabin é um dos maiores players no setor de medicina diagnóstica do país. Fundado em Brasília, pelas bioquímicas Janete Vaz e Sandra Soares Costa, o grupo conta com mais de 5.700 colaboradores , que atendem mais de 5 milhões de clientes um amplo portfólio de serviços de análises clínicas, diagnósticos por imagem,vacinação e check-up. 
Prédio do Grupo Sabin em São Paulo
O Grupo Sabin é especialista no ramo da medicina diagnóstica
  • Microsoft Brasil: A Microsoft habilita a transformação digital na era da nuvem inteligente e da fronteira inteligente. Sua missão é empoderar cada pessoa e cada organização no planeta a conquistar mais. A empresa está no Brasil há 30 anos e é uma das 110 subsidiárias da Microsoft Corporation, fundada em 1975. 
Escritório da Microsoft Brasil com funcionários trabalhando
A Microsoft é pioneira no desenvolvimento de tecnologias e inovação
  • Grupo Pacto Energia: O grupo atua nos setores de transmissão, comercialização e geração de energia por fontes hidráulica, eólica e solar. Em seus 18 anos de atuação construiu um portfólio significativo de geração superior a 4 GW de projetos/usinas de geração de energia por fontes renováveis. 
Painéis solares do Grupo Pacto Energia
O Grupo Pacto Energia investe no desenvolvimento de energia limpa e renovável

Se você possui uma startup e gostaria de participar da inicitiva promovida pela WE, acesse esse link e inscreva seu projeto para próxima fase do programa.

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário