Tribunal alemão suspende construção da Gigafactory da Tesla

Ativistas do meio ambiente da Alemanha moveram uma ação para a interrupção do desmatamento de árvores pela Tesla (Foto: Reuters)
Segundo grupos ambientalistas, a Gigafactory é uma ameaça ao meio ambiente e pode prejudicar também o fornecimento de água da região.

No último domingo, dia 16 de fevereiro, um tribunal alemão suspendeu a construção da Gigafactory da Tesla em Gruenheide, cidade que fica próxima a Berlim, acatando o pedido da organização ambientalista Grüne Liga devido ao excessivo corte de árvores.

O tribunal alegou que, se o projeto continuasse, cerca de 92 hectares de floresta estariam dizimados em apenas três dias. Já os ambientalistas também argumentam que a Gigafactory é uma ameaça às espécies da região e poderia causar transtornos também para o fornecimento de água.

Segundo uma matéria da BBC, a Tesla não tinha permissão de construir a fábrica, mas podia iniciar os preparativos dela por sua conta e risco.

Já a Tesla argumenta que planeja replantar uma área três vezes maior que a fábrica.

“Estamos trabalhando para assegurar que a água continue sendo pura, assim como dar uma solução estrutural para a comunidade a médio prazo”

A empresa de Elon Musk não quis comentar a decisão da corte alemã.

Gigafactory e a fabricação de baterias

A primeira Gigafactory, localizada em Nevada, emprega cerca de 7 mil pessoas diretamente e move 100 bilhões de dólares anualmente (Foto: Reprodução)
A primeira Gigafactory, localizada em Nevada, emprega cerca de 7 mil pessoas diretamente e move 100 bilhões de dólares anualmente (Foto: Reprodução)

A Gigafactory é uma fábrica de baterias de lítio e veículos elétricos. Já seu nome vem pela capacidade de gerar 35 gigawatts-hora, sendo que “giga” é uma unidade de medida que representa mil milhões de watts. A primeira fábrica, de Nevada tem uma área de 930.000 m², o equivalente a 262 campos de futebol americano.

Elon Musk (CEO da Tesla) anunciou que iria construir a Gigafactory na Alemanha em novembro de 2019 durante o evento Auto Bild, e o plano é que o desenvolvimento se inicie, de fato, em 2021. A estimativa é de que a Tesla invista €4 bilhões na fábrica, segundo o jornal alemão Frankruter Allgemeine Zeitung.

A Gigafactory da Alemanha seria a primeira da Europa, seguindo as construções localizadas em Nevada, Califórnia, Nova Iorque e China. Segundo Musk, a ideia de construir uma fábrica em território alemão se dá porque os melhores carros do mundo são fabricado por lá, sendo importante também para o desenvolvimento da Tesla. A Gigafactory da Alemanha fabricará diversos veículos da Tesla, mas o foco será no Model 3 e no futuro SUV Model Y.

Ainda segundo Musk, para manter e preservar a energia elétrica para toda a população humana no planeta, seriam necessárias cerca de cem fábricas como a Gigafactory.

E você? Acha que a decisão do tribunal alemão foi correta? Deixe sua opinião nos comentários.

Fontes: Business Insider, Reuters, The Verge, BBC

2 Comentários

Clique aqui para postar um comentário

Cancelar resposta