Startup de recrutamento remoto cresce 20x em 2020, com valor de US$ 1,25 bi

Startup de recrutamento remoto cresce 20x em 2020, com valor de us$ 1,25 bi
A startup de recrutamento remoto permite que as empresas contratam colaboradores internacionais de uma maneira simples e segura

A startup de recrutamento remoto Deel anunciou um aporte de US$ 156 milhões. O investimento foi alcançado em rodada de investimento série C, liderada pelo fundo YC Continuity Fund e Andreessen Horowitz

Agora avaliada em US$ 1,25 bilhões, a Deel é a nova unicórnio do mercado, título recebido por empresas que atingiram uma avaliação acima de US$ 1 bilhão. A startup faz planos para o futuro e pretende investir recursos para expansão no mercado internacional, incluindo países como Brasil, México, África do Sul, Emirados Árabes Unidos e Cingapura.

Apesar de ainda não ter anunciado oficialmente o início das operações no país, a Deel desembarcou por aqui em fevereiro deste ano e conta com um portfólio de 12 clientes, com nomes de peso como Nubank e iFood. Enquanto muitos negócios recuaram em 2020, devido à pandemia de COVID-19, a startup viu sua receita aumentar em 20 vezes no ano passado, graças ao aumento do teletrabalho. 

Como a Deel é especialista em folhas de pagamento de equipes remotas, a demanda pelos serviços da startup aumentaram consideravelmente, já que muitas empresas começaram a recrutar colaboradores para atuar remotamente. Além disso, a Deel recebeu investimentos estimados em US$ 44 milhões em 2020. Em uma rodada de investimentos série A, liderada pela Andreessen Horowitz, a startup conseguiu US$ 14 milhões e em uma rodada série B, comandada pela Spark Capital, captou US$ 30 milhões.

Com 1.800 clientes espalhados ao redor do globo, a startup de recrutamento remoto viu seus números aumentarem consideravelmente desde janeiro do ano passado, saltando de sete funcionários para mais de 120. 

Startup de recrutamento remoto
Atuando em 150 países, startup de recrutamento remoto oferece aos usuários dois planos mensais

Conheça um pouco da história da startup de recrutamento remoto

Fundada em 2018, por Alex Bouaziz e Shuo Wang, a startup de recrutamento remoto norte-americana nasceu para simplificar a contratação de trabalhadores remotos. A Deel possui dois planos, com o primeiro voltado para gestão da folha de pagamentos a um custo mensal de US$ 49 por funcionário. 

Pela plataforma, as empresas podem contratar profissionais em 150 países em poucos minutos, garantindo que os contratos estejam em conformidade com as legislações trabalhistas de cada local. Também oferece suporte para 120 moedas, permitindo que as empresas escolham a melhor forma de pagar os funcionários ou contratados. 

Já no segundo plano, a startup de recrutamento remoto fica responsável por toda a burocracia e encargos da contratação. Ao escolher este plano, as empresas são responsáveis apenas pelo pagamento dos funcionários ou contratados, enquanto a Deel paga todas as demais despesas trabalhistas. 

Para a segunda opção, o custo mensal sobe para US$ 500 por funcionário, mas de acordo com Cristiano Soares, Country Manager da Deel no Brasil, o valor cobrado pela startup “custa menos que os gastos mensais que a empresa teria para contratar advogados ou para manter subsidiárias em outros países”. 

Veja também: como Airbnb consegui o melhor IPO em plena pandemia de COVID-19.

Fonte: BusinessWire; Forbes (1) e (2)

Tags

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário