Em missão histórica, SpaceX se prepara para enviar astronautas ao espaço pela primeira vez

Crew Dragon da SpaceX scaled
Se bem sucedido, será o primeiro lançamento de uma cápsula espacial tripulada ao espaço realizado por uma empresa privada

Na quarta-feira, 27 de maio, o mundo acompanhará mais um fato histórico. Dois astronautas vão embarcar em uma espaçonave privada, a Crew Dragon, da SpaceX, na costa leste da Flórida (EUA) rumo à Estação Espacial Internacional (ISS).

A missão se torna especial, pois pode marcar o início de uma nova fase para viagens comerciais ao espaço. Isso significa que, se tudo der certo, qualquer pessoa poderá ir ao espaço através de companhias como a SpaceX e a Boeing. Isso sem “intermédio total” da NASA, a agência espacial americana.  

Com o Crew Dragon, SpaceX pode entrar na história com a viagens comerciais para o Espaço
Com a Crew Dragon, SpaceX pode entrar na história com a viagens comerciais para o espaço

O plano vem sendo desenvolvido há 10 anos através de uma parceria entre SpaceX e a NASA. A missão será a primeira tripulada feita em solo americano desde 2011, ano em que o ônibus espacial Atlantis fez a última missão. Nos anos anteriores, os astronautas da NASA foram à ISS com foguetes russos lançandos do Cazaquistão. Sim, os americanos não estão orgulhosos à toa com o projeto da SpaceX.

NASA no controle da missão

Ainda que a SpaceX possa revolucionar ao moldar o futuro das viagens espaciais, integrantes da NASA não deixam de mostrar que há muita expertise da agência espacial nos projetos. 

“A NASA continua a ter uma profunda experiência em missões espaciais que deve continuar sendo empregada para o sucesso de execução de sistemas espaciais mais complexos e desafiadores do país”.

disse Patricia Sanders, presidente do Painel Consultivo de Segurança Aeroespacial.
Sede da NASA
NASA também ajuda a SpaceX e a Boeing

A participação de duas grandes empresas privadas é vista com bons olhos, uma vez que abre espaço para a concorrência e, assim, mais pessoas poderão ir ao espaço. Ainda assim, é importante lembrar que esse ramo pode trazer muitos custos para Boeing e a SpaceX, tendo em vista que o investimento para viagens assim é alto e, além disso, é preciso considerar os riscos de vida.

Nesta quarta, o Programa de Tripulação Comercial dos Estados Unidos pode, finalmente, alcançar a linha de chegada. O histórico de tentativas é bem frustrante, considerando que o foguete Falcon 9 da SpaceX pegou fogo por duas vezes (em teste no solo e em voo). Até mesmo a Crew Dragon já explodiu em solo. Já na Boeing, a empresa passou por diversas falhas de software e até tentou lançar sua cápsula CST-100 Starliner em dezembro passado.

Agora, o mundo acompanhará a missão tripulada histórica da SpaceX para assim dar início aos próximos passos. Segundo a SpaceX, quatro pessoas já compraram assentos para viajar pela Terra em 2021. A companhia ainda tem planos de enviar o ator Tom Cruise na Estação Espacial Internacional para gravar um filme, cujo nome não foi revelado. Por enquanto, a NASA e a SpaceX conversam sobre a possível produção.

Os astronautas

A missão contará com os astronautas Bob Behnken e Doug Hurley, amigos há 20 anos. Ambos foram escolhidos pela própria SpaceX e são veteranos de missão, com um belo currículo. Bob Behnken já viajou ao espaço duas vezes na STS-123, em 2008, e na STS-130, em 2010. Já o amigo Doug Hurley foi ao espaço através da missão STS-127, em 2009, e na STS-135, em 2011, com o ônibus espacial Atlantis.

Bob Behnken (esquerda) e Doug Hurley (esquerda), da SpaceX
Bob Behnken (esquerda) e Doug Hurley (direita) são amigos há 20 anos

“Trabalhamos juntos há tanto tempo que há uma parte do treinamento com o qual não precisamos nos preocupar. Eu já sei quais serão as respostas de Doug em muitas situações diferentes. Eu sei se ele está à frente ou atrás no que estamos trabalhando, da mesma maneira que ele sabe disso sobre mim. Isso facilita muito”.

disse Bob Behnken em entrevista ao portal The Verge.

Tanto Bob como Doug estão em quarentena desde o dia 13 de maio, procedimento normal para que eles não fiquem doentes durante a missão, principalmente agora com a pandemia de coronavírus (COVID-19). De acordo com a NASA, os astronautas farão dois testes de COVID-19 antes da missão.

Como assistir

Para o acontecimento histórico do dia 27, a NASA planejava realizar uma grande comemoração, impedida pela pandemia de coronavírus (COVID-19). Em decorrência disso, a “cerimônia” será virtual. O mundo inteiro poderá acompanhar o lançamento a partir das 17h30 (horário de Brasília) através da NASA TV no YouTube ou pelo site oficial da SpaceX. O Showmetech fará a cobertura completa através das nossas redes sociais e aqui no site.

A Boeing e a SpaceX conseguiram autorização da NASA para a realização de viagens com tripulações em 2017. Três anos depois, o mundo poderá acompanhar se a SpaceX fará história e se moldará, de fato, as viagens comerciais ao espaço.

Fonte: The Verge.

1 Comentário

Clique aqui para postar um comentário