Samsung Blockchain: solução de gestão e armazenamento de criptomoedas chega ao Brasil

Samsung blockchain
As soluções anunciadas pela empresa prometem mais segurança e praticidade nas transações dentro da Samsung Blockchain Wallet

As soluções Samsung Blockchain já estão disponíveis para consumidores brasileiros e prometem oferecer mais segurança para o armazenamento de documentos, chaves privadas e gestão de criptomoedas na Samsung Blockchain Wallet.

O Samsung Blockchain Keystore é uma das novidades. O recurso é responsável por armazenar chaves privadas e assinaturas digitais no smartphone do usuário. E garante uma dose extra de proteção, já que só é possível habilitar a carteira de criptomoedas da Samsung depois de configurar o Keystore

A empresa afirma que as chaves privadas e todas as informações presentes no Keystore não são armazenadas no smartphone e não podem ser acessadas pelo sistema Android. O Keystore mantém as chaves privadas em um único lugar, protegendo a carteira contra malwares e violações de segurança, por exemplo. 

De acordo com a Samsung, o Keystore é protegido pela tecnologia Trusted Execution Environment (TEE) e pelo Samsung Knox que garantem um ambiente de execução altamente seguro e confiável para o gerenciamento de tokens ERC-20, bitcoin, ether, entre outros.

Conheça os dispositivos compatíveis com a Samsung Blockchain Wallet

Samsung blockchain
Brasil foi o primeiro país da latino americano a receber a solução Samsung Blockchain

A Samsung Blockchain Wallet já está disponível na Galaxy Store e pode ser instalada nos smartphones Galaxy Note10, S10 Lite, Galaxy A71, Galaxy Z Flip, Galaxy Z Fold2 e linhas Galaxy S20 e Galaxy Note20

Segundo Bruno Costa, gerente sênior de conteúdos e serviços da área de dispositivos móveis da Samsung Brasil, as soluções têm como objetivo permitir o acesso rápido e seguro à carteira de criptomoedas. Com o Samsung Blockchain Keystore o usuário não precisa mais usar um pen drive ou HD para armazenar as chaves privadas, permitindo mais praticidade ao acessar a Samsung Blockchain Wallet.

“Há um mercado bastante significativo de pessoas que investem em criptomoedas no Brasil. E, para visualizar sua carteira, precisam andar com um notebook e um HD externo ou pen drive separado com as chaves privadas. Esses dispositivos nem sempre oferecem o nível de segurança necessário para proteger essas informações. Com o Samsung Blockchain, a partir de uma combinação entre Keystore e Wallet, oferecemos a possibilidade de um acompanhamento muito mais prático, com armazenamento no dispositivo e o monitoramento diretamente na tela do smartphone”

Bruno Costa, gerente sênior de conteúdos e serviços da área de dispositivos móveis da Samsung Brasil.

Fonte: Samsung Developer; Samsung Newsroom

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário