Novos princípios de liderança da Amazon destacam os empregados

Novos princípios de liderança da amazon destacam os empregados
Os dois novos princípios colocam em evidência o estilo de trabalho que a empresa busca e exige de seus funcionários

Antes de Jeff Bezos deixar oficialmente o cargo de CEO para Andy Jassy na próxima segunda-feira (5), foram adicionados dois novos princípios de liderança da Amazon em sua política interna. Sendo a primeira vez que a lista é atualizada desde 2015, a adição chamou a atenção por destacar metas para os empregados da empresa.

Intitulado “Esforce-se para ser o melhor empregador da Terra“, o primeiro princípio destaca a função dos líderes e de como eles precisam estar abertos para ajudar, apoiar e promover o sucesso do grupo a partir de produção, segurança e ótimo desempenho. O segundo se chama “Sucesso e escala trazem ampla responsabilidade“, que se refere ao crescimento da empresa e à importância do engajamento dos funcionários para sempre atuarem com excelência, buscando melhorias diariamente.

Os dois novos princípios vão ao encontro com a última carta de Bezos, publicada em abril deste ano, que em alguns momentos levanta o tema sobre o tratamento dos 1,3 milhões de funcionários ativos dentro da Amazon. Ele diz que a empresa necessita de “uma visão melhor para o sucesso dos empregados” e que a própria se compromete a ser – e tem como meta – “o melhor empregador da Terra e o lugar mais seguro para trabalhar”.

“Sempre quisemos ser a empresa mais centrada no cliente da Terra. Não vamos mudar isso.”

Jeff Bezos, CEO da Amazon, em carta à empresa

Problemáticas e caso antitruste da Amazon

O discurso idealista de Bezos se choca com uma realidade dura vivida pelos funcionários da Amazon. Reportagens especiais do The New York Times e da Recode apresentam um grande problema que a empresa se envolveu que está relacionado à enorme força de trabalho exigida aos empregados em um ambiente com péssimas condições, além de alegações de discriminação racial.

A investigação do The New York Times mostrou, dentre outros cenários, a intensa forma como os trabalhadores eram tratados em um dos centros de Nova York em meio a demissões e corte de benefícios durante a pandemia. Já segundo a Recode, funcionários negros da grande empresa relataram atitudes frequentes de preconceito, direcionadas a eles.

Não só as condições de trabalho não estão agradáveis aos funcionários, como também o manuseio dos produtos não está correto. Em uma investigação recente feita pela ITV News, a Amazon está descartando anualmente milhões de produtos, a maioria em perfeito estado, em grandes aterros sanitários para esvaziar seus armazéns. A lista de produtos destruídos vão de MacBooks a máscaras de COVID-19 ainda lacradas.

Novos princípios de liderança da amazon destacam os empregados
Amazon passa por denúncias de péssimas condições de trabalho e preconceito racial, além de escândalo fiscal. (Imagem: Pascal Rossignol/REUTERS/Reprodução)

Enquanto recebe denúncias internas, a Amazon sofre pressões externas das autoridades norte-americanas sobre o caso antitruste envolvendo a empresa e, mais recentemente, o Google e o Facebook.

A lei antitruste consiste em um conjunto de normas que previnem o monopólio de empresas, visando a concorrência leal entre empresas e o bem do consumidor. A Amazon é acusada de fraude após seus lucros atingirem números recordes no meio da pandemia.

A receita está girando em torno de 108,5 milhões de dólares, o que representa um aumento de 44% ano a ano, e suas ações subiram quase 10% apenas em 2021. A capitalização da companhia registra 1,73 milhão. As investigações ainda seguem em avanço, mas a intenção das autoridades é usar a legislação para fragmentar a Amazon em eixos menores, se aprovada a ação no processo.

O caso é similar às empresas Facebook e Google, que, por sua vez, também estão indiciadas a processo judicial pelo crescimento exorbitante nos lucros e a omissão de pagamentos de tarifas governamentais.

Os 16 princípios de liderança da Amazon

Novos princípios de liderança da amazon destacam os empregados
Prestes a tomar posse, o novo CEO Andy Jassy carregará em mãos o futuro da Amazon em meio a polêmicas internas e externas da empresa. (Imagem: Mike Blake/REUTERS/Reprodução)

Em três dias, o empresário Andy Jassy terá em mãos o desafio de continuar o legado da empresa, bem como limpar a imagem e buscar as metas que tanto são difundidas pelos princípios da Amazon. Com um longo histórico na empresa, Jassy tem a chance de transformar o seu meio corporativo, levando a big tech a outro patamar se a empresa não cair em detrimento das ações constantes de denúncias.

Veja todos os 16 princípios de liderança encabeçados pela Amazon:

  • Obsessão pelo Cliente

“Líderes começam primeiro no cliente. Eles trabalham vigorosamente para ganhar e manter a sua confiança. Embora os líderes prestem atenção nos concorrentes, eles são obcecados pelos clientes.”

  • Propriedade

“Os líderes são proprietários. Eles pensam a longo prazo e não sacrificam o valor de longo prazo por resultados de curto prazo. Eles atuam em nome de toda a empresa, além de sua própria equipe. Eles nunca dizem “esse não é o meu trabalho”.”

  • Invente e Simplifique

“Os líderes esperam e exigem inovação e invenção de suas equipes e sempre encontram maneiras de simplificar. Eles estão externamente cientes disso, procuram novas ideias de todos os lugares e não estão limitados por [ideias] “não inventadas aqui”. Ao fazermos coisas novas, nós aceitamos que podemos ser mal compreendidos por longos períodos de tempo.”

  • [Eles] Estão Certos, Muito Certos

“Líderes estão muito certos. Eles têm um bom senso e bons instintos. Eles buscam perspectivas diversas e trabalham para refutar suas crenças.”

  • Aprenda e Seja Curioso

“Líderes nunca param de aprender e sempre buscam melhorar a si mesmos. Eles estão curiosos sobre novas possibilidades e agem para explorá-las.”

  • Contrate e Desenvolva os melhores

“Líderes elevam o nível de desempenho a cada contratação e promoção. Eles reconhecem talentos excepcionais e os movem de boa vontade por toda a organização. Os líderes desenvolvem outros líderes e levam a sério seu papel de treinar os demais. Trabalhamos em nome de nosso pessoal para inventar mecanismos de desenvolvimento, como o [programa] Career Choice.”

  • Insista Nos Mais Altos Padrões

“Os líderes têm padrões implacavelmente elevados – e muitas pessoas podem pensar que esses padrões são excessivamente elevados. Eles continuam elevando o nível e direcionam suas equipes para fornecer produtos, serviços e processos de alta qualidade. Os líderes garantem que os defeitos não sejam eliminados e que os problemas sejam corrigidos para que permaneçam corrigidos.”

  • Pense Grande

“Pensar pequeno é uma profecia que se autorrealiza. Os líderes criam e comunicam uma direção ousada que inspira resultados. Eles pensam de forma diferente e procuram maneiras de atender os clientes.”

Novos princípios de liderança da amazon destacam os empregados
Políticas da Amazon exigem e preveem a atuação esperada dos líderes dentro e para com a empresa. (Imagem: Justin Sullivan/Getty Images/Reprodução)
  • Tendência por Ação

“Velocidade é algo importante nos negócios. Muitas decisões e ações são reversíveis e não requerem um estudo extensivo. Valorizamos os riscos calculados.”

  • Frugalidade

“Faça mais com menos. As restrições geram desenvoltura, autossuficiência e invenção. Não há pontos extras para aumentar o número de funcionários, tamanho do orçamento ou despesas fixas.”

  • Ganhe confiança

“Os líderes ouvem atentamente, falam com franqueza e tratam os outros com respeito. Eles são verbalmente autocríticos, mesmo quando isso é estranho ou embaraçoso. Os líderes não acreditam que o odor corporal deles ou de sua equipe “cheire a perfume”. Eles avaliam a si mesmos e suas equipes contra os melhores.”

  • Mergulhe Fundo

“Líderes operam em todos os níveis, permanecem conectados aos detalhes, auditam com frequência e são céticos quando as métricas e as anedotas diferem. Nenhuma tarefa está abaixo deles.”

  • Discorde e Se Comprometa

“Os líderes são obrigados a desafiar as decisões respeitosamente quando discordam, mesmo quando isso for desconfortável ou exaustivo. Eles têm convicção e são tenazes. Eles não se comprometem em prol da coesão social. Uma vez que uma decisão é determinada, eles se comprometem totalmente.”

  • Resultados de Entrega

“Líderes se concentram nos principais insumos para seus negócios e os entregam com a qualidade certa e em tempo hábil. Apesar dos contratempos, eles estão à altura da situação e nunca se acomodam.”

  • Esforce-se Para Ser O Melhor Empregador da Terra

“Líderes trabalham todos os dias para criar um ambiente mais seguro, mais produtivo, com melhor desempenho, mais diversificado e mais justo. Eles lideram com empatia, divertem-se no trabalho e tornam mais fácil para os outros se divertirem. Os líderes se perguntam: meus colegas de trabalho estão crescendo? Eles têm poder? Eles estão prontos para o que vem a seguir? Os líderes têm uma visão e um compromisso com o sucesso pessoal de seus funcionários, seja na Amazon ou em qualquer outro lugar.”

  • Sucesso e Escala Trazem Ampla Responsabilidade

“Começamos em uma garagem, mas não estamos mais lá. Somos grandes, impactamos o mundo e estamos longe de sermos perfeitos. Devemos ser humildes e ponderados até mesmo sobre os efeitos secundários de nossas ações. Nossas comunidades locais, planeta e gerações futuras precisam que sejamos melhores a cada dia. Devemos começar cada dia com a determinação de fazer melhor, fazer melhor [de fato] e ser melhor para nossos clientes, funcionários, parceiros e o mundo em geral. E devemos terminar cada dia sabendo que podemos fazer ainda mais amanhã. Os líderes criam mais do que consomem e sempre deixam as coisas melhores do que as encontraram.”

Veja também

Conheça detalhes da vida e carreira de Andy Jassy, o novo CEO da Amazon a tomar posse na próxima segunda-feira (5).

Fontes: Geek Wire (1) | Geek Wire (2) | Blog da Amazon | Amazon | The Street

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário