Omega Energia lança 1ª plataforma digital para compra de energia

Turbina de vento da Omega Energia
Omega Energia cria modelo digital de negócio que conecta parques eólicos e solares ao consumidor final, na modalidade de mercado livre
Anúncio
Samsung  campanha  Connected Living para promover conectividade de produtos  do lar

A empresa Omega Energia lançou a primeira plataforma digital para compra e gestão de energia nesta terça-feira (08), num evento virtual. A plataforma é voltada para o chamado “mercado livre de energia” — em que consumidores do tipo pessoa jurídica podem negociar e adquirir energia elétrica diretamente com a empresa geradora, sem a obrigatoriedade de comprar energia da concessionária local — e a expectativa da empresa é se consolidar, nos próximos anos, como a primeira geradora de energia renovável digital.

“Nosso movimento é conectar consumidores diretamente com quem produz energia renovável. Acreditamos muito em simplificar o processo de compra com digitalização e agregar inteligência que ajude o cliente a gerenciar e otimizar seu consumo no mercado livre”

Antonio de Bastos Filho, fundador e CEO da Omega Energia

Plataforma digital da Omega Energia

A ideia da plataforma, segundo a Omega, é permitir que qualquer empresa habilitada a atuar no mercado livre possa comprar energia de maneira simplificada e digital. Além dessas empresas que já operam no mercado livre, consumidores comerciais que desejarem ingressar nesse mercado também poderão solicitar uma migração pela plataforma.

De acordo com a Omega Energia, as cotações são feitas “em poucos segundos”, sem a necessidade de mandar e-mail ou fazer ligações. Depois da cotação, o usuário passa por uma análise de crédito e, em seguida, pode solicitar propostas na plataforma digital em três cliques, segundo a empresa.

A assinatura do contrato da compra de energia é “100% eletrônica”, informou a Omega Energia. Na plataforma, o usuário também consegue gerenciar suas contratações e faturas, além de acompanhar seu consumo de energia em tempo real.

Print da plataforma digital da Omega Energia
Tela da plataforma digital da Omega Energia

Outro serviço presente na plataforma é a tarifa “Smart Flex”. Segundo a Omega, essa tarifa garante ao consumidor a eliminação do risco associado à oscilação de preços de mercado e volumes de consumo. Na prática, os usuários pagam mensalmente pelo consumo efetivo de energia (falando nisso, o Showmtech publicou dicas para você descobrir quais são os eletrônicos vilões da sua conta de luz).

“Nosso desafio era não só trazer um fluxo simplificado, mas eficiente, que transformasse radicalmente a experiência de compra e gestão de energia para empresas de todos os portes.”

Fernando Senna, diretor de energia digital da Omega Energia
Print da plataforma digital da Omega Energia
Monitoramento em tempo real de consumo na plataforma da Omega Energia

Ainda de acordo com a empresa, outra vantagem que a plataforma digital oferece é a segurança de comprar diretamente de quem gera a energia.

Segundo dados passados pela Omega Energia, a empresa conta com um portfólio de geração de aproximadamente 1,8GW de energia que é, segundo a empresa, 100% renovável. Para o cliente, a empresa diz que isso representa garantia de entrega do que foi contratado, sem riscos de penalidades ou falta de energia.

“Tudo [na nova plataforma digital] foi desenhado para ser simples e transparente. Nosso produto é completamente digital, o contrato é enxuto, com 80% menos páginas do que em acordos usuais do mercado, e não é preciso fazer readequação em caso de um consumo diferente do que o previamente contratado.”

Fernando Senna, diretor de energia digital da Omega Energia

De acordo com o CEO da empresa, Antonio de Bastos Filho, existe muito espaço para tornar a energia cada vez mais limpa, barata e simples para o consumidor. A meta da empresa, segundo o fundador, é fazer com que energia limpa seja realidade para todos.

Um novo passo

A Omega Energia foi fundada em 2008, como uma plataforma de energia renovável e digital. A empresa diz que é a maior detentora de ativos operacionais renováveis do Brasil, presente em sete estados e com capacidade contratada de 1.869MW. Segundo a Omega, isso faz com que a companhia seja referência em investimentos no setor de geração de energia limpa.

Em sua trajetória, a empresa disse que fez da tecnologia uma aliada para resolver problemas de seus clientes e mercados. Para a Omega, essa nova plataforma digital é mais um passo em direção ao propósito de oferecer energia limpa de forma simples para o maior número possível de consumidores.

Fonte: Omega Energia


O que você achou desse novo jeito de comprar e fazer a gestão de energia? Conte para nós aqui nos comentários!

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário