NVIDIA RTX A2000 leva o ray tracing a workstations de pequeno formato

Nvidia rtx a2000 leva o ray tracing a workstations de pequeno formato
Nova peça da empresa promete otimizar ainda mais o tempo dos projetos de desenvolvedores, em especial aqueles que ainda estão em home office

A NVIDIA anunciou oficialmente o lançamento da sua nova GPU em tamanho compacto. A NVIDIA RTX A2000 é a menor de sua categoria já feita, sendo projetada para workstations de pequeno formato. Com esse novo item, os desenvolvedores podem trabalhar com a qualidade ray tracing — elemento que melhora os raios de luzes em imagens tridimensionais — em seus projetos.

NVIDIA RTX A2000: ray tracing e consumo de energia

Em comparação, esse novo equipamento tem quase metade do tamanho da RTX 3090, também da NVIDIA. O lançamento pode oferecer 8 teraflops (TFLOP), com 3328 núcleos CUDA Cores, e dobra a taxa de transferência em mais de 40% por conta do PCle Gen 4. Além disso, é composto por um clock de memória de 6001 MHz e 6 GB de memória GPU. Uma de suas grandes vantagens é o consumo de apenas 70 W de energia.

A NVIDIA RTX A2000 é montada na arquitetura Ampere e será de grande ajuda para os locais de trabalho que precisarem de praticidade e economia de espaço com um potente feature, principalmente para aqueles que estão de home office durante a pandemia. Os colaborados podem trabalhar em um mesmo projeto com a simulação Omniverse da NVIDIA, que permite a ação conjunta em um único design 3D. “Há muitas possibilidades para tornar o trabalho com gráficos mais rápido e eficiente”, diz Márcio Aguiar, diretor da divisão Enterprise da NVIDIA na América Latina.

Os primeiros clientes que testaram a RTX A2000 foram as companhias Acid, Cuhaci & Peterson e Gilbane Building Company. A primeira testou modelagens em 3D e afirma que a peça tornou o processo “mais rápido e eficiente”. A segunda notificou melhorias na renderização e visualização gráfica, um dos resultados provenientes do ray tracing. Por fim, a terceira corporação destacou o baixo consumo de energia mesmo durante a execução de modelos de construção com dados em nuvem.

A NVIDIA vai disponibilizar a peça em workstations de fabricantes como ASUS, Dell, HP e Lenovo. A distribuição global deve acontecer a partir de outubro. No mercado internacional, o item será vendido em torno de US$ 450, equivalente a R$ 2.341,26 na cotação atual.

“A nova RTX A2000 chega para facilitar ainda mais o trabalho de profissionais autônomos, pequenas e médias empresas em diversos mercados, como mídia e entretenimento, entre outros”

Marcio Aguiar, diretor da divisão Enterprise da NVIDIA na América Latina, a respeito do lançamento da empresa que promete oferece o melhor desempenho aliado à praticidade.

Veja também

Acesse também outras notícias relacionadas no Showmetech. Confira como criar um catálogo no WhatsApp Business para impulsionar os seus negócios.

Fonte: NVIDIA

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário