Microsoft Teams traz novos recursos para melhorar a experiência em videochamadas

microsoft teams novidades
Novidades do Microsoft Teams visam aumentar o engajamento e a inclusão em chamadas de vídeo pelo aplicativo
Anúncio
Samsung  campanha  Connected Living para promover conectividade de produtos  do lar

Nesta quarta-feira (8), a Microsoft anunciou diversas novidades para o Microsoft Teams, que foram desenvolvidas com o objetivo de facilitar a interação e o engajamento das pessoas neste momento da pandemia do novo coronavírus, onde as pessoas são obrigadas a passar cada vez mais tempo em videoconferências para manter contato com colegas de trabalho, amigos e familiares.

Uma das novidades é a introdução do “Together Mode”, um novo modo de organizar o espaço em tela de uma videoconferência. Ao invés de separar todos os participantes em dezenas de minúsculos quadros ocupando toda a tela, o programa utiliza a tecnologia de segmentação em inteligência artificial para fazer com que as pessoas que participam de uma videoconferência possam ocupar um único ambiente compartilhado, aproximando um pouco mais a experiência de videoconferência de uma reunião presencial.

microsoft teams together mode
Together Mode permite que os participantes da conversa dividam o mesmo espaço (GIF: Microsoft)

Ao agrupar todos os usuários de forma mais próxima, fica mais fácil prestar atenção não apenas naquilo que está sendo falado, mas também na linguagem corporal dessas pessoas, facilitando para que haja um real engajamento no assunto que está em discussão. Também é possível definir qual o ambiente de fundo que será compartilhado pelos usuários, permitindo efetuar uma reunião de trabalho em um plano de fundo que simula um escritório ou conversar com os amigos em um ambiente que se parece com uma cafeteria. Esta função já está em fase de testes, e deverá ser disponibilizada de forma geral em meados de agosto.

E para quem quiser manter a organização das conversas da forma mais tradicional, o Microsoft Teams também irá introduzir a função “Dynamic View”, que dará aos usuários um maior controle sobre como serão enxergados os participantes em uma conferência. Com este modo, o aplicativo utilizará técnicas de IA para definir a melhor forma de organização dos participantes em uma reunião, além de facilitar a organização manual das telas pelo usuário e o compartilhamento de conteúdo pela câmera.

microsoft teams dynamic view
Dynamic View oferece novas formas de agrupamento das janelas de uma conversa em vídeo (GIF: Microsoft)

De acordo com a Microsoft, o Dynamic View é uma evolução de melhorias que já haviam sido anunciadas há alguns meses pela empresa, e contará também com a possibilidade de efetuar ligações em vídeo com até 49 pessoas de forma simultânea e a possibilidade de se dividir os participantes de uma conferência em grupos menores para a discussão de assuntos que sejam do interesse de apenas uma parcela desses participantes.

Outras novidades reveladas pela empresa foram a introdução de filtros para as chamadas (que usam software de IA para melhorar a iluminação do local em que o usuário está ou borrar o fundo para aqueles que não possuem um cenário para reuniões online) e um aumento no número máximo de participantes de apresentações interativas (por exemplo, uma aula online, em que as pessoas tem a liberdade para discutir por texto em chat e, em determinados momentos, ligar o áudio e até mesmo a câmera de seus dispositivos para fazer perguntas) em até 1000 pessoas, e a de apresentações fechadas (quando os participantes não podem interagir de nenhuma maneira) em até 20 mil pessoas.

microsoft teams filtros
O Microsoft Teams também passará a ter filtros para melhorar a qualidade da transmissão (GIF: Microsoft)

Melhor engajamento com o Microsoft Teams

Entre as novidades voltadas para tornar as videoconferências em conversas mais espontâneas estão a possibilidade de “Live Reactions”, onde um usuário poderá interagir enviando um emoji que irá aparecer para todos que estão conectados, e servirá para que a pessoa que está falando possa ter uma ideia de se todos estão conseguindo acompanhar ou não sem ser interrompida.

microsoft teams live reactions
O Live Reactions permite que você demonstre o que está achando da conversa sem interromper a pessoa que está falando (GIF: Microsoft)

Também foi anunciada uma mudança no esquema de chat por texto, onde ao invés do usuário precisar entrar em uma janela específica para conversas (o que tira a atenção dele da pessoa que está falando), todas as mensagens enviadas pelo chat apareceram como notificações na tela de cada um dos participantes, permitindo um maior engajamento da parte de todos nos assuntos que estão sendo comentados sobre o tema em discussão.

E, para facilitar ainda mais as conversas no Microsoft Teams, o programa usará sua IA para analisar perguntas enviadas e sugerir respostas que poderão ser enviadas como apenas um toque. Por exemplo, se alguém chamar no Teams para perguntar se você pode participar de uma reunião, o aplicativo já irá sugerir respostas como “Posso sim!” para que você envie com apenas um clique.

A companhia também anunciou um novo app de tarefas, que permitirá centralizar todos os agendamentos e tarefas marcados entre os diversos programas da Microsoft (como o Outlook, o Planner e o Microsoft To Do) dentro do próprio Teams, permitindo acesso rápido a diferentes listas de tarefas independente se você estiver no computador ou navegando pelo celular.

Maior inclusão com o Microsoft Teams

Além de melhorar o engajamento, a Microsoft também está preocupada em tornar as reuniões que ocorrem através do Microsoft Teams mais inclusivas, permitindo que um maior número de pessoas possam aproveitá-las ao máximo.

Uma das novidades neste sentido é uma atualização para a função de legendas em tempo real no programa, que passará não apenas a legendar em tempo real o que está sendo falado como também a indicar quem é o interlocutor daquela frase, facilitando que pessoas com problemas de audição se orientem sobre quem está falando o que em uma reunião com muitos participantes ativos.

microsoft teams transcrição
(GIF: Microsoft)

Outra novidade é uma ferramenta de transcrição em tempo real, que fornecerá outro modo de seguir o que está sendo falado na conversa através de texto. Ao invés de colocar as legendas na própria tela do usuário, o aplicativo cria uma janela onde é possível seguir a transcrição completa da reunião, com a identificação de qual usuário disse cada frase. E, no fim da chamada, a transcrição completa dela estará disponível para ser enviada para qualquer pessoa.

microsoft teams transcrição
O Microsoft Teams passará também a oferecer a transcrição em tempo real da conversa (GIF: Microsoft)

A Microsoft também promete algumas mudanças ao Whiteboard, a ferramenta de colaboração visual do Teams. Nesta ferramenta serão adicionadas funções de inserir texto, adicionar “post it” virtuais e a capacidade de arrastar e inserir arquivos, permitindo assim que mesmo pessoas que não estejam usando um Surface Hub ou qualquer outro aparelho com tela sensível ao toque possam participar das sessões de criação com a ferramenta.

Falando no Surface Hub, a Microsoft anunciou também que estes dispositivos possam se conectar a chamadas e enviar arquivos para equipamentos em uma sala de reunião, adicionando também alguns controles que ainda não existem neste tipo de conexão, como a possibilidade de desligar o microfone do aparelho daqueles presentes na sala, ajustar o volume do áudio ou ainda ligar e desligar a câmera. 

Também foi anunciado para o Teams foi a extensão “Reflect Messaging”, que permitirá aos responsáveis de um grupo (sejam os gerentes em um grupo de trabalho, ou os professores em um grupo de estudos) enviarem a todos seus subordinados um questionário sobre a relação entre vida pessoal e trabalho, para que possam entender melhor como todos de sua equipe estão se sentindo e ajudar a lidar com o estresse e a fadiga causados por uma relação que é mantida apenas à distância. 

Microsoft Teams Messaging extension
Message Extension oferece uma maneira mais rápida de saber sobre a saúde mental de todos os colaboradores (Imagem: Microsoft)

Outra novidade será a integração do Microsoft Teams com a assistente virtual Cortana, que permitirá aos usuários fazer uma chamada, entrar em uma conferência, enviar mensagens pelo chat, enviar arquivos e executar diversas outras ações dentro do aplicativo apenas por comandos de voz.

Assim como todas as outras novidades apresentadas pela Microsoft, a integração com a Cortana com o Teams deverá acontecer dentro dos próximos meses, mas em um primeiro momento será para usuários Microsoft 365 Enterprise que utilizam o app para dispositivos móveis do Teams (tanto para Android quanto para iOS) e irá reconhecer apenas comandos em inglês.

Telas para Microsoft Teams

Microsoft Teams displays
Nova linha de aparelhos da Microsoft foi desenvolvida especialmente para uso em chamadas de vídeo (Imagem: Microsoft)

Além de melhorar o programa em si, a Microsoft também está pensando em outras formas de melhorar a experiência dos usuários durante as reuniões. Por isso, a empresa juntou-se a parceiros de hardware, e lançam novos dispositivos desenvolvidos especialmente para facilitar chamadas através do Microsoft Teams.

As telas para Microsoft Teams são aparelhos com tela sensível ao toque, com câmera, microfone e alto-falante embutidos para facilitar a participação em videochamadas de qualquer lugar que o usuário estiver. Estes equipamentos também poderão ser facilmente integrados com o computador (permitindo acesso fácil a arquivos e agenda de compromissos, entre outros) e alguns modelos também terão suporte à Cortana, permitindo o uso apenas por comandos de voz.

O primeiro desses equipamentos a chegar no mercado será o ThinkSmart View da Lenovo, que já está disponível na loja online da empresa a um preço de US$ 349,99. Este modelo ainda não possui suporte à assistente virtual da Microsoft, e os primeiros modelos com a Cortana deverão ser lançados dentro dos próximos meses. 

Fonte: Microsoft

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário