Google Meet for Glass integra vídeochamadas em óculos de realidade virtual

O Google Meet for Glass promete fazer com que especialistas à distância consigam ajudar funcionários in loco a completar suas tarefas
Com o Meet for Glass, o Google promete aumentar a eficiência profissional e diminuir o tempo de trabalhos complexos; Microsoft já têm um serviço parecido
Anúncio
Samsung  campanha  Connected Living para promover conectividade de produtos  do lar

O Google divulgou uma nova ferramenta de realidade aumentada para o trabalho à distância. A gigante da tecnologia anunciou o “Meet for Glass”, uma integração dos óculos de realidade aumentada ao serviço de videoconferência da marca.

Inclusa no pacote Enterprise Edition do Google Meet, que é vendido a empresas, a função possibilita que supervisores tenham acesso à mesma imagem que funcionários in loco, através da vídeochamada.

“Com o Meet for Glass, os funcionários podem se conectar com segurança por vídeo em tempo real e manter as mãos livres para realizar tarefas. No passado, trabalhar remotamente significava andar em torno do equipamento com uma webcam ou laptop volumoso. Com o Glass, os técnicos agora podem trabalhar com as mãos livres e se concentrar nas tarefas”, afirma.

Segundo a marca, testes inicias já foram feitos em seus próprios data centers e ajudaram na manutenção dos espaços, que funcionam 24 horas por dia. Agora, passado o período de testes, o Google disponibiliza a função beta para que outras empresas possam experimentá-la.

Imagem simulada do Google Meet for Glass
Com o Meet for Glass, será possível caminhar em lugares com acesso restrito levando consigo os participantes da videoconferência

“Usando o Meet for Glass, os técnicos de dados do Google puderam se conectar para diagnosticar problemas, revisar equipamentos e até mesmo treinar novos funcionários”, comentou.

O serviço ainda está em sua versão beta, portanto, deve passar por alguns ajustes até que sua versão final seja divulgada. No entanto, já promete ser um sucesso, pois, deve facilitar o trabalho de profissionais que precisam de ajuda especializada para concluir serviços.

A função está disponível para clientes corporativos e que assinam o Workspace, um pacote de aplicativos integrados. Para isso, basta se inscrever na página do serviço.

Com isso, o Google promete reduzir em até 25% o tempo de montagens complexas e aumentar em 34% a eficiência de trabalhos que envolvem manutenção elétrica e tecnológica.

“Estamos empolgados em continuar apoiando as empresas a enfrentar novos desafios com trabalho remoto à medida que eles se desdobram nos setores”, conclui comunicado do Google.

Meet for Glass é alternativa ao Remote Assist, da Microsoft

Função Remote Assist, da Microsoft, é bem parecida com a Meet for Glass, permitindo videochamadas para conclusão de tarefas
Função Remote Assist, da Microsoft, é bem parecida com a Meet for Glass, permitindo videochamadas para conclusão de tarefas

Esta não é uma ideia nova, pois, a Microsoft já planejou esse modelo de integração entre o Skype e o HoloLens, os óculos de realidade aumentada da dona do Windows. Nesse caso, a ideia foi alterada e deu lugar ao Dynamics 365, um pacote de aplicativos integrados, que, na versão Remote Assist, tem suporte à videochamadas com os óculos.

Com ele, os usuários podem substituir o smartphone e, assim, cumprir tarefas também com o auxílio remoto. Atualmente, a Microsoft cobra cerca de R$ 300 mensais para o acesso à plataforma, além dos óculos vendidos por 3.500 dólares.

Fonte: The Verge

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário