MediaTek reforça democratização da tecnologia e apresenta planos para 2020

Helio P90 processador
Durante um evento nesta terça, a MediaTek reforçou seu investimento em inteligência artificial e na Internet das Coisas em 2020

Na manhã da última terça-feira (19), a MediaTek realizou um encontro com jornalistas para apresentar as conquistas de 2019 e previsões para o próximo ano. Na apresentação, a empresa reforçou a sua atuação em diversos segmentos e a democratização de tecnologias, em especial em países emergentes, como o Brasil.

Samir Vani, country manager da MediaTek no Brasil, ressaltou que muitos produtos eletrônicos contém tecnologia MediaTek. A empresa trabalha com smartphones, televisores, videogames, entre outros. Mas os planos vão além. Internet das Coisas e inteligência artificial são as grandes apostas e investimentos da companhia para os próximos anos.

Planos da MediaTek para 2020

Se durante o ano de 2019 a MediaTek intensificou as conversas e investimentos em inteligência artificial, em 2020 ela ampliará mais o assunto, considerando IoT (Internet das Coisas, em tradução livre). Samir adiantou que a empresa trará muitas novidades para o setor automotivo, segmento este que está recebendo cada vez mais investimento em tecnologia e na eletrificação de veículos. Entretanto, não adiantou as novidades.

Um dos grandes destaque neste ano foi apresentação das evoluções presentes no Helio P90 através de inteligência artificial. Em agosto deste ano, durante o MediaTek Talks, eles apresentaram que o chipset possui a terceira central de processamento (APU). Com essas e outras inovações, a companhia consegue democratizar a tecnologia de IA em celulares intermediários, proporcionando qualidade similar aos smartphones topo de linha.

“O papel da MediaTek é democratizar o acesso à tecnologia”

Enfatiza Samir Vani, country manager da MediaTek no Brasil
Os componentes da MediaTek estão em smartphones, televisores, smart devices, entre outros
Os componentes da empresa estão em smartphones, televisores, smart devices, entre outros

Em seu portfólio, a MediaTek tem como clientes: Motorola, Huawei, Xiaomi, LG, ZTE e outras. Foram 45 aparelhos lançados este ano com os chips da empresa. Em cada cinco produtos, um tem componente MediaTek. Eles chegaram até adotar essa grande participação como slogan, diz Vani. Embora com forte presenças em smartphones, seu trabalhos vão além. Hoje, suas inovações estão em 55% dos roteadores e 60% dos smart devices (“dispositivos inteligentes”, em tradução livre).

Novo Sony WF-1000XM3 é um dos aparelhos equipados com soluções da MediaTek
Novo Sony WF-1000XM3 é um dos aparelhos equipados com soluções da empresa

“Uma coisa bacana para a gente da MediaTek foi a chegada da Amazon, que é um grande parceiro nosso nos Estados Unidos, com os produtos [da linha Echo] aqui no Brasil. Outro produto que chegou foi Sony WF-1000XM3, com cancelamento de ruído. Ele mostra de outras atuações da MediaTek e não só smartphone”.

Samir Vani, country manager da MediaTek no Brasil

Rede 5G e a democratização da tecnologia

A MediaTek já investe em 5G e isso deve expandir no próximo ano
Eles já investem em 5G e isso deve expandir no próximo ano

Investir no 5G e a democratizar o acesso são pilares que norteiam a MediaTek. O objetivo estava claro desde outros encontros e em 2020 deve ficar mais intenso A empresa já investe em soluções para a conexão 5G e espera fazer outros lançamentos já no próximo ano.

Através de componentes mais acessíveis, a companhia de processadores tende a lançar smartphones com 5G mais em conta. O mesmo será feito com inteligência artificial.

“A tecnologia consegue trazer mais e mais coisas conectada. Internet das Coisas é o que mais vai trazer aparelhos conectados”

Diz Vani sobre o futuro da Internet das Coisas
Samir Vani em agosto explicando o funcionamento da inteligência artificial nos componentes da MediaTek
Samir Vani em agosto explicando o funcionamento da inteligência artificial nos componentes da empresa

A partir de 2020, Vani anunciou que a empresa deseja intensificar os trabalhos com Internet das Coisas, promovendo essa tecnologia além dos celulares. E como IoT é um termo amplo, atuar de olho no público específico é o que irá ajudar nas inovações que serão lançadas. IoT ou IA, a expectativa é de vemos as soluções da empresa cada vez mais presentes na vida do consumidor final.

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Deixe um comentário: