Mansão leiloada vai se transformar em escola inspirada por Elon Musk

mansao5
A ideia é transformar a mansão que pertencia ao dono do Banco Santos em uma escola de educação básica aos moldes da Ad Astra School, de Elon Musk.
Anúncio
Samsung  campanha  Connected Living para promover conectividade de produtos  do lar

O empresário Janguiê Diniz, fundador do Grupo Ser Educacional, transformará a casa do ex-dono do Banco Santos, Edemar Cid Ferreira, em uma escola de educação básica que utiliza métodologia de ensino inspirada pelo bilionário Elon Musk. A mansão de Ferreira foi arrematada em R$ 27,5 milhões na última terça-feira (18).

A propriedade inteira tem 8.180 m² e está localizada no Morumbi, região oeste de São Paulo, na rua Gália. Já a mansão ocupa uma área de 4.100 m² e possui cinco andares.

O Instituto Êxito, que ficará a cargo do projeto, diz que a ideia é fazer um centro de ensino de excelência, focado no desenvolvimento da criatividade, inovação e empreendedorismo, seguindo os moldes da Ad Astra School, desenvolvida pelo CEO da SpaceX e Tesla, Elon Musk.

“[A escola será] fundamentada no pensamento global, usará métodos de solução de problemas reais de forma integrada para ensinar multi habilidades e desenvolver o pensamento crítico”

diz o comunicado da assessoria de imprensa de Diniz

Diniz já depositou R$ 11 milhões, o equivalente a 40% do valor do imóvel. Já o restante será parcelado em seis vezes, e a mansão só poderá ser ocupada quando o valor integral for quitado.

A propriedade foi a leilão cinco vezes. Nos dois primeiros não houve interessados, enquanto no terceiro, o imóvel foi arrematado por R$ 23,3 milhões, mas o comprador (cujo nome não foi divulgado) não depositou o valor no prazo estipulado.

No quarto leilão, a mansão foi avaliada em apenas R$ 9 milhões, mas o juíz Paulo Furtado de Oliveira Filho, da 2ª Vara de Falências e Recuperações Judiciais de São Paulo, não aceitou o valor. Já na quinta vez, foram 20 pessoas que se habilitaram a participar do leilão e foram 16 lances.

Falência do Banco Santos

mansão edemar cid ferreira
O investimento total foi perto de R$ 150 milhões entre os anos 2000 e 2004 (Foto: Lalo de Almeida / Folhapress)

O dinheiro arrematado pelo leilão será destinado ao pagamento dos credores, já que o Banco Santos possui dívidas de R$ 2,2 bilhões, precisando sofrer uma intervenção do Banco Central em 2004. Já a propriedade foi avaliada inicialmente em R$ 110 milhões, valor posteriormente reduzido para R$ 76,8 milhões, mas os credores do banco não aceitavam que a venda fosse por menos de R$ 94 milhões.

“Antes era um templo de ostentação, agora se tornará um templo de educação que, por meio do seu legado, irá transformar vidas, histórias e destinos do povo brasileiro”

disse o empresário Janguiê Diniz

A propriedade foi construída entre 2000 e 2004 e foi projetada pelo arquiteto Ruy Ohtake por R$ 1,15 milhão, enquanto a decoração ficou a cargo de Peter Marino, que recebeu R$ 8,86 milhões. Contando toda a mobília, mármores importados e alta tecnologia, houve um investimento de mais de R$ 140 milhões.

Dentro há duas galerias de arte, um heliponto e uma biblioteca.

Fontes: InfoMoney, Folha de São Paulo, UOL Economia

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário