Linha de notebooks Latitude faz 25 anos e Dell comemora sucesso no Brasil

Dell latitude 2 em 1
Os notebooks Latitude, destinados ao mercado corporativo, completam 25 anos. Saiba mais sobre esta linha corporativa

A Dell está comemorando os 25 anos da série de notebooks destinados ao mercado corporativo, o Latitude, que também foi o primeiro a ser lançado no Brasil com bateria de íon de lítio. Segundo o vice-presidente de Vendas da Dell no Brasil, Cesar Ramaccioti, o “segredo do sucesso” está na capacidade de evoluir e inovar constantemente nas funções para atender as necessidades dos cliente.

“A linha Latitude teve um papel fundamental na trajetória bem-sucedida de 20 anos da Dell Technologies no Brasil. De forma consistente, mantivemos a liderança no mercado brasileiro de PCs voltados a empresas, com cerca de 45% de todas as unidades vendidas no segundo trimestre de 2019 [de acordo com o último relatório IDC Brazil PC Tracker Q2/2019, da consultoria IDC]”.

diz Cesar Ramaccioti, diretor de Vendas da Dell no Brasil

Atualmente, os notebooks Latitude contam com diversos modelos 2 em 1, feitos para atender as necessidades de acordo com a própria empresa.

O design de todos os modelos também são pensados para serem leves e portátei. Além disso, a linha inclui o Dell Latitude Rugger, desenvolvido para as pessoas conseguirem trabalhar em ambientes mais hostis, com um design mais durável.

Um pouco de história do Latitude

Dell Latitude 1421C CP - Um dos mais avançados de sua geração
Dell Latitude 1421C CP – Um dos mais avançados de sua geração (Foto: Recycled Goods)

O primeiro modelo do Latitude veio em 1994 e contava com microprocessadores Intel 486SX de 33MHZ. No entanto, a inovação veio no modelo seguinte, com o Latitude XP INTEL 486 DX4 de 100MHZ que, como dito anteriormente, foi o primeiro a contar com a bateria de Íon de Lítio, que na prática proporcionava uma economia de mais de 30% de energia.

Isso acontecia porque os microprocessadores se comunicavam com as CPUs, o que também agilizava o tempo de carregamento e ela poderia ser carregada em, no máximo, duas horas.

Após a “familia” XP, durando de 1994 a 1998, vieram as CPs (1997-1999), que contavam com processadores ainda mais rápidos e trouxeram os chipsets, que eram um conjunto de componentes eletrônicos em um circuito integrado que gerencia o fluxo de dados entre o processador, memória e periféricos.

Logo em seguida vieram as famílias CS, entre os anos de 1998 e 1999, que eram computadores mais leves, com placas gráficas integradas e codecs de áudio. Por fim, tiveram as famílias “L“, entre 1999 e 2006; “C“, de 1999 a 2002; “X“, de 2002 a 2011; “D“, de 2003 a 2007 e a “E“, que se iniciou em 2007 e está em vigor até hoje.

A cada novo modelo eram levados componentes cada vez mais potentes unidos de um design mais moderno e atraente, além de funcionalidade avançadas de segurança e gestão.

Modelos atuais

Série 3000

Série 3000 é o modelo Latitude mais em conta focado nas pequenas e médias empresas
Série 3000 é o modelo Latitude mais em conta focado nas pequenas e médias empresas

Este é o modelo com menor preço perante aos outros e é focado para ser essencial para startups ou empresas que estão em expansão.

Série 5000

Sendo o principal modelo visto nas empresas, este é mais comum em lugares de médio e grande porte e tem recursos bastante completos para produtividade de alto desempenho.

Série 7000

Linha “premium” do Latitude, ele é pensado em todas as características, como peso, espessura e materiais. O objetivo é desenvolver alternativas seguras para profissionais em constante movimento sem comprometer a produtividade.

Além disso, o modelo Latitude 7400 2 em 1 foi premiado no Consumers Electronics Show 2019 Innovation Awards na categoria Hardware e Componentes. Isso porque ele possui um sensor de proximidade que detecta a presença do usuário e liga o sistema automaticamente, permitindo que este faça um login com a câmera infravermelha e o Windows Hello, do Windows 10.

Rugged

Como dito anteriormente, este é pensado para ambientes mais hostis, sendo ideal para os militares e trabalhadores do setor industrial. Ele inclui componentes mais robustos pensados para resistir a choques, quedas, vibrações e altas temperaturas.

Dell no Brasil

A Dell chegou ao nosso país em 1999, abrindo uma fábrica na cidade de Eldorado do Sul, no Rio Grande do Sul, em novembro de 1999. Já em 2006, veio uma nova fábrica, mas na cidade de Hortolândia, no interior de São Paulo.

Vale lembrar que, recentemente, houve o Dell Technologies Forum 2019, onde o presidente da empresa no Brasil comentou sobre a importância do nosso país para a marca ao longo desses 20 anos.

“Desde a inauguração, nosso país representa um dos principais mercados globais para a Dell Technologies. Além disso, é o único país onde a marca mantém uma fábrica própria e comercializa o portfólio completo da empresa”.

Luís Gonçalves, presidente da Dell Technologies Brasil.

A comemoração dos 20 anos da Dell só começou e, até o momento, é um ano de conquistas e consolidação da empresa. Michael Dell, CEO Global da Dell Technologies, também esteve presente durante o evento de comemoração e as expectativas para o futuro são boas. “não podemos prever, mas podemos apostar”, termina ele.

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Deixe um comentário: