IBM Telum é a nova arquitetura de processador com IA que pretende prevenir fraudes bancárias

Ibm telum
Nova arquitetura IBM Telum busca prevenir fraudes bancárias, a partir da aceleração de tecnologias de Inteligência Artificial onde os processos ocorrem

A IBM, durante a conferência anual Hot Chips, revelou detalhes da nova arquitetura de processador IBM Telum, desenvolvida para levar a inferência de Deep Learning a ambientes de trabalho empresariais para aumentar a segurança do ambiente e abordar fraudes em tempo real. Confira os detalhes:

IBM Telum: características

Ibm telum é a nova arquitetura de processador com ia que pretende prevenir fraudes bancárias. Nova arquitetura ibm telum busca prevenir fraudes bancárias, a partir da aceleração de tecnologias de inteligência artificial onde os processos ocorrem
IBM Telum é a nova arquitetura de processador com IA que pretende prevenir fraudes bancárias

A arquitetura Telum contém 8 núcleos de processamento com frequência de mais de 5 GHz, otimizada para demandas de trabalho da classe empresarial. A infraestrutura de cache e interconexão de chip totalmente redesenhada proporciona 32 MB de cache por núcleo e pode conectar até 32 chips de Telum. O design de módulo dual do chip contém 22 bilhões de transistores e cerca de 30 quilômetros de fio em 17 camadas de metal. Seu nódulo é de 7nm.

O Telum é o primeiro processador de IBM que conta com uso de inteligência artificial enquanto ocorre o processamento de dados. Desenvolvido durante três anos, esse novo chip foi todo feito para dar mais segurança e mais controle sobre transações do tipo de aplicações bancárias, financeiras, comerciais, de seguros e interações com os clientes. 

O chip se caracteriza por um inovador design centralizado que permite aos clientes aproveitar ao máximo o poder de um processador de IA, tornando-o ideal para seu uso em ambientes de serviços financeiros para a detecção de fraudes, por exemplo. 

O IBM Telum foi desenvolvido para que aplicações de IA possam ser executadas de forma eficiente no próprio local onde os dados estão localizados, sem necessidade de uso de nuvem ou outros tipos de tecnologia externa, superando os problemas comuns de processamento de informações como aplicações bancárias ou de outros tipos, que normalmente necessitam de uma grande gama de memória e capacidade para poder ler os dados e executar soluções ao mesmo tempo. Além disso, o Telum também permite que os usuários possam usar modelos de IA externos para aplicação conjunta com os já presentes nele.

Propósito do Telum

Ibm telum
IBM Telum é a nova arquitetura de processador com IA que pretende prevenir fraudes bancárias

Com as tecnologias mais comuns hoje em dia, empresas usam técnicas de detecção de fraude somente depois que ela corre, o que dificulta o processo e faz com que mais tempo seja gasto no estudo, principalmente se a análise for feita longe da onde a alteração de dados ocorreu. O Telum tem como objetivo mudar isso, fazendo com que os usuários da tecnologia passem de ter que detectar uma fraude para prevenir a fraude, mesmo antes que ela ocorra. 

Segundo a IBM, as primeiras máquinas com o Telum serão disponibilizadas no primeiro semestre de 2022. 

Para mais novidades da IBM, como seus novos Data Centers no Brasil, fique de olho no Showmetech.

Tags

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário