IBM Garage: metodologia no auxílio ao desenvolvimento de empresas é foco em evento

IBM Garage é foco em evento em São Paulo
IBM Garage Experience apresentou diversas cases de sucesso graças a metologia Garage da empresa, que visa o desenvolvimento de forma mais rápida e econômica

Em evento em São Paulo, a IBM Brasil divulgou alguns cases que utilizam a metodologia Garage, que auxilia empresas a criarem maneiras rápidas, escaláveis e econômicas para desenvolver, testar e implantar soluções de ponta habilitadas por meio de recursos de IA e análise de dados. A ideia do evento foi compartilhar a experiência e benefícios das empresas que trabalharam com as soluções da IBM por meio da metodologia design thinking, levando em consideração o ponto de vista do usuário, tecnologia e o retorno do investimento em um curto prazo.

IBM Garage

O IBM Garage busca discutir ideias de transformação de um determinado projeto, produto e experiência do usuário. Com processos, ideias e times multidisciplinares, o conceito da Garagem integra experiências para chegar ao melhor resultado que passa desde o aprimoramento do conceito da ideia de um aplicação.

“Nossa ideia é que os clientes participem do processo juntamente com o time da IBM. Dessa forma, todos utilizaram a mesma metodologia para criar ideias interessantes de aplicações de processos e modelos. Basicamente, somos uma consultoria de transformação com o DNA de Startup. Ou seja, A ideia não é que no final os clientes saiam com um App, mas que você tenha um conceito e partir da ideia que pode ser aplicada com o sem a participação da IBM”.

Allan, diretor WW do Garagem IBM

A importância da informação para o desenvolvimento de aplicações

IBM Garage é foco em evento em São Paulo

O Líder do IBM Garage, Wilson Zuppo, abordou a importância de levar em consideração como os usuários estão mais críticos em relação a experiência com aplicativos e como personalização e ideias destrutivas podem ser um diferencial para as empresas e consumidores.

“As empresas podem usar informações para criar novas linhas de rendas para os negócios. Tudo sempre voltado para a experiência do usuário. Com dados personalizados sobre cada cliente, as empresas têm a possibilidade de usar a tecnologia, escalar essas informações e utilizar esse recurso para a inovação”.

Wilson Zuppo, líder do IBM Garage

Existem 15 Garagens estrategicamente localizadas em centros de inovação, como é o caso de São Paulo. Há ainda dezenas de outros lugares em todo o mundo nos quais os clientes podem trabalhar com a metodologia da IBM Garage, que também pode ser levada até a empresa do cliente.

A base da IBM Garage é uma metodologia exclusiva, baseada em Enterprise Design Thinking, que organiza as melhores práticas do setor com a profunda experiência da IBM em tecnologia aplicada, incluindo inteligência artificial, automação, blockchain, IoT, entre outros, utilizando IBM Cloud como habilitador da inovação.

Na IBM Garage, empresas podem:

  • Co-criar: com as pessoas certas, parceiros do ecossistema e start-ups em todas as disciplinas – trazendo o poder da rede IBM para sua próxima grande ideia;
  • Co-executar: incorporar tecnologia em fluxos de trabalho específicos e provar a adoção e o business case com um MVP (minimum viable product) e um piloto;
  • Cooperar: impulsionar o crescimento do mercado e escalar em torno de um MVP comprovado – criando aplicativos resilientes e escaláveis, integrando soluções à infraestrutura de negócios e escalando a adoção.

IBM Garage São Paulo

Anunciada oficialmente em 2018, a garagem da IBM Brasil já conduziu centenas de projetos com empresas do país e da América Latina. Alguns exemplos citados no evento:

Elaw Soluções Jurídicas

A Elaw cresceu focada em automatizar e melhorar os processos jurídicos dentro dos departamentos jurídicos. De acordo com Filipe Sathler Cardoso, CTO da Elaw, a ideia para o projeto foi materializada pela metodologia e experimentar a tecnologia para implantar soluções de inteligência artificial para o setor jurídico.

“Chegamos com o intuito de estudar e experimentar a tecnologia da IBM com a ambição de empoderar o advogado para a previsibilidade de uma tendência de um resultado para um determinado processo. Essa experiência proporcionou uma experiência de ter esse contato com a inteligência artificial. Além disso, saímos com um modelo de MVP muito bem estruturado e a capacitação da equipe, porque esse processo de automação traz uma sinergia, tanto que hoje nós mesmo criamos outros produtos e soluções”

Filipe Sathler Cardoso, CTO da Elaw

PneuBras

A Pneubras é uma empresa pernambucana fundada em 2007, que atua na distribuição e comercialização de pneus. Durante o evento, o CTO da Pneubras, André Oliveira, abordou a transformação positiva que a empresa sofreu com a implantação da tecnologia e o conceito de design thinking proposto pelo IBM Garage.

“Foi um grande desafio de expansão, com as soluções da IBM conseguimos materializar ideias e trazer efetividade para o modelo tradicional do nosso negócio por meio da tecnologia. Pensar no nosso mercado e assimilar a tecnologia é hoje um dos nossos diferenciais”.

André Oliveira, CTO da Pneubras

Planetun

A insurtech Planetun anuncia o lançamento de uma solução para vistoria de automóveis baseada em Inteligência Artificial (IA). Com foco em entregar ainda mais eficiência, o App Web de Vistoria Prévia da Planetun chega ainda em 2019 reformulado com uma nova versão totalmente inovadora.

“Entramos com esse projeto há duas semanas e nos tornamos case global da IBM e tivemos todo um acompanhamento para desenvolver nossa aplicação. Com ela, o próprio usuário envia imagens de pontos do seu automóvel, como a diagonal traseira e dianteira do veículo, motor, chassi e documento, diretamente para a avaliação da seguradora, sem a presença de um terceiro no processo”.

Henrique Maziero, CEO da Planetun

Grupo Elo

A Grupo Elo, que atua com serviços brasileiros de atendimento ao cliente, desenvolveu em parceria com o IBM Garage um assistente virtual de voz para lidar com as demandas mais complexas do segmento de serviços de atendimento ao cliente.

“Usando o design thinking com a Metodologia de Garagem, criamos um assistente virtual no qual esperamos reduzir os custos das ligações em 48%, otimizando o tempo para atender cada solicitação, ” afirmou Guilherme Pereira, CTO do Grupo Elo”.

Guilherme Pereira, CTO do Grupo Elo

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Deixe uma resposta