Funcionários do Twitter poderão trabalhar em home office para sempre, diz CEO

Twitter Home office
O Twitter não reabrirá os seus escritórios antes de setembro e defende o home office mesmo após a pandemia

O Twitter permitirá que seus funcionários trabalhem em home office (teletrabalho, ou trabalho remoto) permanentemente. De acordo com o jornal britânico The Guardin, todos os colaboradores da rede social receberam um e-mail de Jack Dorsey, CEO do Twitter, oficializando o regime de trabalho mesmo após a pandemia de coronavírus (COVID-19).

Em comunicado oficial publicado na última terça-feira (11), o Twitter confirmou a adoção permanente do home office e ressaltou que foi uma das primeiras empresas a adotar o sistema de trabalho remoto enquanto o coronavírus (COVID-19) avançava pelo mundo. Por enquanto, o Twitter não pensa em abrir seus escritórios tão cedo e, quando isso acontecer, a companhia tomará todos os cuidados necessários, sempre pensando na saúde e segurança de seus colaboradores.

Prédio do Twitter (home office)
Todos os funcionários podem trabalhar em home office mesmo após a pandemia

“Os últimos meses provaram que podemos fazer esse trabalho [de adoção ao home office]. Portanto, se nossos funcionários estiverem em uma função e situação que lhes permita trabalhar em casa e quiserem continuar a fazê-lo para sempre, faremos isso acontecer”

disse Jennifer Christie, diretora de Recursos Humanos do Twitter.
Escritório do Twitter em San Francisco trabalha em home office desde março
Escritório do Twitter em San Francisco (Estados Unidos) já está trabalhando em regime home office desde março

Com a pandemia, os escritórios da empresa só podem ser abertos no segundo semestre do ano. O Twitter também cancelou todas as viagens de negócios que não devem ocorrer antes de setembro.

O regime home office foi incentivado no dia 2 de março pelo Twitter. A partir de 11 de março, quando a situação começou a ficar mais grave, inclusive no Brasil, a companhia ordenou que todos os funcionários trabalhassem em casa para evitar a contaminação por COVID-19.

Ainda para apoiar os trabalhadores durante o home office, o Twitter anunciou que está dando apoio para as equipes. Todos os colaboradores, incluindo os horistas, estão tendo a oportunidade de comprar equipamentos de trabalho, como mesa, cadeira e almofadas de cadeira. A empresa informou que todos eles receberão reembolso por todas as despesas relacionadas ao trabalho durante o regime home office obrigado pela pandemia.

Escritório do Twitter em São Paulo (home office)
Escritório do Twitter em São Paulo

“Estamos trabalhando com nossos fornecedores para garantir que as necessidades de trabalho em casa de nossos contratados também sejam atendidas. Ouvimos o feedback dos funcionários e expandimos nossa política”

destacou Jennifer Christie, diretora de Recursos Humanos do Twitter.

O Twitter tem cerca de 5 mil funcionários e 35 escritórios em todo o mundo (inclusive no Brasil, em São Paulo).

Fontes: The Guardin; Twitter.

2 Comentários

Clique aqui para postar um comentário