Facebook lança portal educacional para alcançar LinkedIn

JS84898948 Reuters Facebook logo xlarge trans NvBQzQNjv4BqFZ2mKB99NyfWHs4BvtAqLsS4XZFk3S07juafvYzyvW0 990x619 - Facebook lança portal educacional para alcançar LinkedIn
Apesar de acabar de entrar no mercado profissional, pode assumir a liderança nesse ramo? Ou a consolidação do LinkedIn é algo que não pode ser alcançado?

Com a expansão da internet, muitas empresas estão recorrendo ao ambiente virtual para fazer pelo menos a triagem de seus possíveis contratados. Além das diversas plataformas desenvolvidas para isso, temos redes sociais como o LinkedIn, e – porque não? – o Facebook.

A rede social azul vem procurando atuar em diversas áreas, e agora está invadindo o território do LinkedIn, se tornando a melhor plataforma para as pessoas que procuram alavancar 0 seu negócio, e agora também a sua carreira.

A prova disso é o próximo passo da empresa: o lançamento do portal educacional Learn with Facebook. Nesse artigo nós mostramos como ele funciona, e o que isso significa para a rede social.

O recomeço para o sucesso

Mais de um milhão de empregos estão disponíveis na rede social azul, que para se consolidar no mercado de plataformas de emprego, vem lançando diversos conteúdos voltados para a área profissional.

O novo lançamento Learn with Facebook, é uma plataforma onde os usuários podem desenvolver habilidades para o mercado de trabalho digital.

Dois serviços já lançados, terão seus recursos expandidos. O Mentorships e Jobs serão melhorados. A empresa permitirá que administradores de páginas publiquem os anúncios de vagas em grupos onde estão.

Facebook Job App And Small Businesses - Facebook lança portal educacional para alcançar LinkedIn
Rede social busca abrangência para reduzir queda no uso

Diversificando

Mas todo esse investimento não está sendo feito sem motivo, e os anúncios são um forte indício de que o Facebook quer realmente estar presente em várias áreas, e está diversificando sua plataforma para as pessoas passarem cada vez mais tempo ativas.

Isso testá sendo visto como uma reação para a queda no uso da rede social, já que no último trimestre a empresa assistiu seu crescimento de usuários cair para menos de 2% no mundo. O uso nos EUA/Canadá ficou estagnado (não declinou, mas também não cresceu) enquanto o escândalo do uso de dados e propagação de notícias falsas fez com que a empresa se distanciasse dos usuários europeus.

Olhando por esse lado, faz sentido o Facebook desenvolver novos aplicativos e serviços que desviam qualquer má visibilidade. Mas ainda são pequenos passos da rede social, mesmo que o investimento seja grande.

Learn with Facebook faz parte do recomeço

O Aprenda com o Facebook, em tradução literal, possui apenas apenas 13 módulos (assuntos), e eles ainda não possuem tradução para o português. Boa parte desses módulos são voltados para o desenvolvimento profissional, algo que seria útil pára quem já usa o Facebook para trabahar, ou está usando para encontrar um emprego. Em um resumo, a plataforma está focada no desenvolvimento profissional.

Fatima Saliu, diretora de marketing de políticas da rede social, disse que o lançamento da plataforma educacional é apenas o pontapé inicial, mas as ambições que o Facebook espera desenvolver são imensas.

16344637 1831852097027364 8648633785480380416 n - Facebook lança portal educacional para alcançar LinkedIn
Nova plataforma possui ideia interessante

Ela também citou que a empresa está criando diversas parcerias para poder possibilitar o aprendizado de cada vez mais habilidade. Isso significa que mais módulos devem ficar disponíveis com o tempo.

A missão do Facebook é treinar 1 milhão de pessoas e pequenas empresas nos EUA em habilidades digitais até 2020.

A rede social também não descarta a possibilidade de comprar alguma plataforma de aulas online já existente, mas por enquanto, está trabalhando apenas com parceiros. O foco da empresa é aumentar seus parceiros, para depois começar a fazer aquisições.

“Para nós, trata-se de atender às necessidades dos candidatos a emprego. Neste momento, estamos trabalhando com parceiros, mas estamos abertos a todas as possibilidades para atender a essa necessidade.”

O Facebook pode ultrapassar o LinkedIn?

O Linkedin disse na semana passada que possui cerca de 13 mil cursos em seu site agora, inventário esse que só atingiu esse número por causa da aquisição da plataforma de ensino Lynda. Mais recentemente, a plataforma também fez parcerias para aumentar os conteúdos oferecidos. Mas tudo isso ainda possui uma espécie de “barreira”: o pagamento.

Pelo menos por enquanto, o Facebook ainda não cobra nada para dar dicas de desenvolvimento de carreira, e enquanto o LinkedIn possui vários planos premium que são pagos. Mas o LinkedIn também possui como “booster” a tradução de para vários idiomas.

facebook linkedin qual o melhor canal para minha empresa - Facebook lança portal educacional para alcançar LinkedIn
Há uma longa jornada para ultrapassar o LinkedIn

Pode ser que ainda seja cedo para dizer isso, mas se o Learn With Facebook continuar gratuito, pode se tornar um grande incômodo para o LinkedIn. Vale ressaltar que isso é algo que pode ser revisto, haja vista que muitas pessoas vendem treinamentos de carreira pela rede social azul, e portanto a empresa deve apenas deixar isso formalizado, para também deixar tudo mais fácil para ambos os envolvidos.

O recomeço que tem tudo para dar certo

Por enquanto, qualquer vaga de emprego publicada na sessão de Jobs da rede social fica por ali mesmo, mas uma nova atualização vai permitir que essas mesmas vagas sejam replicadas também nos famosos grupos do Facebook.

As vagas podem ser divulgadas apenas nos grupos que pessoa está, mas com o tempo pode ser que isso seja mostrado em locais que o assunto “trabalho” seja mais relevante. Hoje, já é possível visualizar sugestões de vaga ao lado do conteúdo Learn to Facebook, afirma a empresa.

thinkstockphotos 641600742 e1521535346712 - Facebook lança portal educacional para alcançar LinkedIn
Nova empreitada tem tudo para dar certo

Apenas o tempo dirá qual plataforma de empregos irá se tornar a mais relevante e com o maior número de usuários, mas de acordo com o histórico, não seria nenhuma surpresa se a rede social ultrapassar sua maior concorrente.

Fonte: Tech Crunch

O que você acha da nova empreitada do Facebook? Você já conseguiu ou conhece alguém que tenha arranjado um emprego pela rede social? Conta pra gente nos comentários!

JS84898948 Reuters Facebook logo xlarge trans NvBQzQNjv4BqFZ2mKB99NyfWHs4BvtAqLsS4XZFk3S07juafvYzyvW0 - Facebook lança portal educacional para alcançar LinkedIn

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Deixe seu comentário:

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Share via