Tesla: Elon Musk revela design futurista da nova fábrica na Alemanha

Ec8b3wcUMAUf1mz
No Twitter, o CEO Elon Musk postou que a nova planta de 300 hectares da Tesla vai contar até com painéis solares
Anúncio
Samsung  campanha  Connected Living para promover conectividade de produtos  do lar

O bilionário Elon Musk, CEO da Tesla, revelou no Twitter, nesta quarta-feira (15), o design futurista da nova fábrica da sua empresa de carros elétricos. Musk postou na rede social a primeira imagem — uma ilustração em 3D — de como seria a nova Gigafactory, que está em construção na Alemanha.

O que mais chamou atenção dos “tuiteiros” de plantão que seguem o executivo, em relação ao design da nova fábrica, foram os painéis solares espalhados por todo o telhado da construção e a aparente ausência de chaminés.

No Twitter, Elon Musk confirmou os painéis solares e explicou que a nova planta conta, sim, com chaminés. Essas, porém, foram “cuidadosamente escondidas”, disse o CEO na rede social.

Musk chegou a brincar com algumas ponderações no Twitter. Um usuário chegou a sugerir uma piscina no telhado da nova fábrica da Tesla, ao que o CEO respondeu: “Claro”. Seria uma tendência interessante, não?

O que se sabe sobre a nova fábrica da Tesla

Brincadeiras à parte, vamos explorar o que se sabe até o momento sobre a Gigafactory da Tesla na Alemanha.

A planta, localizada em Grünheide (cidade que fica a 30km de Berlim, capital do país), conta com 300 hectares de extensão. Para começar a construí-la, foi necessário derrubar as árvores da região (o que motivou protestos de ambientalistas). Em resposta, a Tesla se comprometeu a reflorestar uma área três vezes maior.

Durante a primeira fase da construção da nova fábrica, a expectativa é que 12 mil pessoas sejam empregadas. A Tesla deve concentrar as oportunidades de trabalho para a população local e, em seguida, estender para outros países da Europa.

Construção da gigafactory da Tesla na Alemanha
Construção da Gigafactory da Tesla na Alemanha

A fábrica da Tesla vai contar também com tecnologias sustentáveis. O objetivo é seguir as medidas do plano alemão de transição energética, chamado “Energiewende“, que determina uma transformação do abastecimento energético no país. 

Como a ilustração em 3D mostrou e o próprio Elon Musk confirmou, uma série de painéis solares ficarão espalhados pelo telhado da construção, com o objetivo de gerar energia elétrica renovável. A nova fábrica vai adotar também uma série de medidas para economizar o máximo possível de água e garantir que o recurso natural permaneça puro e potável na região.

Para manter o transporte até a empresa o mais ambientalmente responsável possível, a Tesla pretende construir um pátio na área externa da fábrica para incentivar o uso do transporte coletivo (no caso, da linha ferroviária) pelos seus funcionários.

Elon Musk falando no microfone
Elon Musk, CEO da Tesla

A conclusão da construção da nova fábrica da Tesla na Alemanha está prevista para 2021. E a empresa automotiva de Elon Musk não pretende parar por aí. Isso porque há indícios de que o CEO tenha intenção de construir a próxima Gigafactory no Texas (EUA).

A fábrica na Alemanha vai ser a primeira da Tesla na Europa, seguindo as construções localizadas em Nevada, Califórnia, Nova York, nos EUA, e na China.

Segundo Musk, a ideia de construir uma fábrica em território alemão se dá porque os melhores carros do mundo são fabricado por lá, sendo importante também para o desenvolvimento da Tesla. A nova planta vai fabricar diversos veículos da marca, mas o foco será no Model 3 e no futuro SUV Model Y.

Polêmicas da construção da ‘gigafactory’

Ativistas do meio ambiente da Alemanha moveram uma ação para a interrupção do desmatamento de árvores pela Tesla (Foto: Reuters)
Ativistas do meio ambiente da Alemanha em protesto contra desmatamento pela Tesla

A planta da nova fábrica da Tesla traz um conceito ambicioso. E a sua construção na Alemanha envolveu polêmicas. Em fevereiro deste ano, um tribunal alemão chegou a suspender a construção da “gigafactory” da empresa automotiva de Elon Musk.

Na época, grupos ambientalistas alegaram que a nova fábrica era uma ameaça ao meio ambiente e poderia prejudicar o fornecimento de água da região. E o tribunal acatou ao pedido da organização ambientalista Grüne Liga pela suspensão da construção por conta corte excessivo de árvores na região.

Como já mencionado nesta matéria, a Tesla se comprometeu a reflorestar uma área três vezes maior que a ocupada pela nova fábrica. E, na época, informou que trabalhava para assegurar que a água continuasse sendo pura e em soluções estruturais para a comunidade a médio prazo.

Por que ‘gigafactory’?

Apenas a título de curiosidade, o nome dado pelo CEO à fábrica da Tesla vem da capacidade que a nova planta terá de gerar 35 gigawats-hora. “Giga” é uma unidade de medida que, neste contexto, representa um bilhão de watts.

Fonte: Interesting Engineering

1 Comentário

Clique aqui para postar um comentário