Bot do Telegram vende informações roubadas de usuários do Facebook

Bot do telegram vende informações roubadas do facebook
Com dados vazados em vulnerabilidade do Facebook detectada em 2019, bot do Telegram vende informações roubadas e ainda não foi bloqueado

O dono de um bot do Telegram vende informações roubadas de usuários do Facebook em fóruns de cibercriminosos na internet. De acordo com informações divulgadas pelo Motherboard Vice, cerca de 533 milhões de números de telefone de contas do Facebook estão à venda desde 12 de janeiro de 2021. Os contatos são vendidos por US$ 20 cada, mas também é possível comprar pacotes com 10 mil números de telefone por cerca de US$5.000.

Segundo Alon Gal, co-fundador da empresa de cibersegurança Hudson Rock e o responsável por encontrar a falha de segurança do Facebook, os dados vazados são de 2019. Além disso, o Facebook afirma que já corrigiu a vulnerabilidade que permitia esse acesso aos dados. Porém, de acordo com Alon Gal, o acesso aos números de telefone ainda podem representar um risco para a segurança dos usuários, já que não é comum as pessoas trocarem de número com frequência.

Além disso, o bot do Telegram vende informações roubadas para qualquer usuário interessado em adquirir as informações, o que pode acabar gerando muita dor de cabeça já que os dados podem ser usados por pessoas mal intencionadas, conforme relatou Alon Gal ao site Vice.

“É muito preocupante ver um banco de dados desse tamanho sendo vendido em comunidades do cibercrime, ele prejudica gravemente nossa privacidade e certamente será usado para difamação e outras atividades fraudulentas por malfeitores.”

Alon Gal, co-fundador da empresa de cibersegurança Hudson Rock

Como funciona o bot do Telegram?

Bot do telegram vende informações roubadas
Os bots do Telegram servem para automatizar tarefas, como fazer enquetes e rastrear encomendas

Os bots e chatbots são muito comuns no Telegram e em outras redes sociais. Basicamente, essas ferramentas são pré-programadas para executar diferentes tarefas, como detectar se um texto foi escrito por uma pessoa ou por um robô, por exemplo. Existem bots com várias finalidades como criação de enquetes, rastreio de encomendas pelos Correios, para acessar aplicativos como Gmail, Zoom e muito mais. 

Porém os bots podem ser usados para o bem e para o mal, como é o caso do bot do Telegram que permite acesso aos números de telefone das contas do Facebook. De acordo com os testes feitos pelo Motherboard Vice, o bot do Telegram funciona de duas maneiras. Se alguém souber o ID do Facebook de algum usuário, o bot consegue identificar o número de telefone vinculado a conta ou vice-versa.

Bot do Telegram vende informações roubadas de usuários brasileiros

Bot do telegram vende informações roubadas
Usuários brasileiros do Facebook também tiveram os dados vazados pelo bot do Telegram

O bot do Telegram vende informações roubadas de mais de 8 milhões de contas brasileiras do Facebook. Além disso, o dono do bot afirma possuir informações de usuários de todos os países, inclusive a China, onde consta um banco de dados com mais de 670 mil números de telefone.

Apesar de o bot não conseguir acessar informações recentes, ele coloca as políticas de segurança e privacidade do Facebook à prova, mais uma vez. Até o momento, a empresa ainda não notificou os usuários sobre a falha e o Telegram ainda não conseguiu bloquear o bot. Mas é importante ressaltar que mesmo se o bot for bloqueado, as informações ainda vão permanecer nas mãos dos cibercriminosos e poderão ser usadas posteriormente.

Confira também: WhatsApp,Telegram ou Signal, confira qual aplicativo de mensagem é o mais seguro?

Fonte: Vice; The Verge; Interesting Engineering

Tags

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário