BizCapital: Fintech brasileira recebe R$65 milhões de investimento para empréstimo online

investimento bizcapital destaque
Rodada de investimentos liderada pelo DEG vai permitir que a BizCapital desenvolva novos produtos para apoiar micro e pequenos empresários
Anúncio
Samsung  campanha  Connected Living para promover conectividade de produtos  do lar

A BizCapital, fintech brasileira de empréstimo online para micro e pequenas empresas, levantou uma nova rodada de investimentos Série B de R$65 milhões. A rodada foi liderada pelo DEG (Deutsche Investitions), braço de investimento internacional do banco de desenvolvimento alemão KfW. O fundo de capital corporativo do Mercado Livre, MELI Fund, também investiu nesta nova rodada para a fintech.

O dinheiro captado pela BizCapital será utilizado no desenvolvimento de novos produtos para apoiar micro e pequenos empresários, oferecendo empréstimo para empresas. A fintech também vai investir em novos canais de distribuição que permitam alcançar mais empreendedores.

“O que queremos com essa injeção de recursos é ampliar ainda mais a oferta dos nossos produtos, auxiliando o empreendedor, em todas as etapas, ainda mais em um momento tão delicado quanto esse.”

Francisco Ferreira, CEO da fintech BizCapital

O executivo também disse que a empresa trabalha para trazer novas oportunidades para que os empresários não fechem as portas por conta da crise econômica causada pela pandemia do novo coronavírus.

Investimentos na BizCapital

O aporte atual, de R$65 milhões, é maior do que a soma das duas rodadas anteriores de investimentos que a BizCapital captou, que totalizam R$35 milhões. Os investidores atuais acompanharam a rodada da Série B.

“Esta última rodada reforça a confiança dos investidores na capacidade de inovação da BizCapital no mercado de crédito da América Latina nas circunstâncias desafiadoras causadas pela COVID-19.”

Francisco Ferreira, CEO da fintech BizCapital

Assim como aconteceu nos EUA, as empresas de capital de risco do Brasil diminuíram o ritmo de seus investimentos. Mas o que se observa atualmente é que há uma série de novas ofertas chegando ao mercado.

A nova rodada de investimentos reflete a confiança, a longo prazo, que os investidores possuem na posição central que serviços de e-commerce e tecnologia terão no futuro da economia da América Latina.

Arte digital sobre economia emergente do Brasil
Novas ofertas chegam ao mercado de capital de risco no Brasil

Em janeiro de 2018, a fintech de empréstimo online recebeu uma rodada de investimentos de R$15 milhões. 42K Investimentos, Chromo Invest e Monashees investiram nesta rodada para a startup.

Ainda em 2018, em setembro, houve uma segunda rodada de investimentos, no valor de R$20 milhões. Esta foi liderada pelo fundo de investimentos Quona Capital, que é especializado em fintechs em mercados emergentes.

Empréstimo online para empresas

A fintech de empréstimo online foi fundada em 2016 e se define como um canal rápido e confiável de empréstimo para empresas. Atualmente, segundo dados da própria BizCapital, a fintech possui mais de cinco mil clientes espalhados em 1.200 cidades no Brasil.

Segundo o site da startup, o usuário pode pedir crédito pelo smartphone, por meio do aplicativo (disponível no Google Play), ou pelo computador, no site da BizCapital. A análise de crédito acontece em um minuto, de acordo com a empresa, todas as taxas aparecem no fechamento do empréstimo e a fintech não pede bens como garantia.

Tela do app da BizCapital
Análise de c´redito acontece em 1 minuto no app da BizCapital

Os juros partem de 1,99% ao mês, com parcelamento em até 24 vezes. O valor dos empréstimos vão até R$200 mil, mas o site da BizCapital informa que esse valor máximo, o número de parcelas e a taxa de juros estão sujeitos à variação em função do perfil de crédito da empresa do usuário.

Fontes: BizCapital e TechCrunch

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário