Apple trabalha em displays micro OLED para realidade virtual

Apple trabalha em displays micro oled para realidade virtual
Em laboratório secreto criado em parceria com a TSMC, Apple trabalha em displays micro OLED para aplicação nos futuros óculos de realidade virtual da empresa

Segundo o site Nikkei Asia, a Apple trabalha em displays micro OLED em parceria com a Taiwan Semiconductor Manufacturing Co. (TSMC). As telas micro OLED teriam menos de uma polegada de tamanho, sendo ultrafinas e com baixo consumo de energia.

Os displays estão em estágio de testes e são produzidos em um laboratório secreto em Taiwan. De acordo com o Nikkei Asia, a Apple contratou diversos profissionais experientes da AU Optoelectronics, fabricante de monitores com sede em Taiwan. Além disso, os funcionários envolvidos no projeto P&D, para a fabricação dos painéis micro OLED, são proibidos de divulgar informações internas, sendo que o acordo “proíbe os funcionários de, até mesmo, se encontrarem com amigos ou conhecidos que trabalham na indústria de tecnologia”, conforme informou a publicação. 

De modo geral, os painéis micro OLED desenvolvidos pela Apple e a TSMC são construídos diretamente em wafers, placas semicondutoras, e não em substratos de vidro, garantindo assim maior eficiência energética e tamanho reduzido. Além disso, por se tratar de uma tela ultrafina e com alta resolução, os displays micros OLED seriam ideais para dispositivos menores. Segundo os rumores, um dos objetivos da Apple seria usar os displays micro OLED nos óculos de realidade virtual (VR) que a empresa está desenvolvendo e que podem ser lançados até 2022. 

“Os players de painéis são bons em fazer telas cada vez maiores, mas quando se trata de dispositivos finos e leves como óculos de realidade aumentada ou realidade virtual, você precisa de uma tela muito pequena”

Fonte ligada ao projeto de P&D da Apple que não se identificou

Apple trabalha em displays micro OLED e microLED

De acordo com o Nikkei Asia, a Apple trabalha em displays micro OLED e microLED no laboratório de Taiwan. A companhia teria investido cerca de US$ 330 milhões para a fabricação de telas microLED. A proposta da Apple em testar os dois tipos de tela é aumentar o leque de opções, uma vez que os monitores micro LED podem ser usados em dispositivos como iPads, MacBooks e Apple Watch, por exemplo. Além disso, os displays micro LED são bem menores que as telas LED tradicionais, pois dispensam a necessidade de módulos de luz de fundo, e podem ser úteis na fabricação de telas curvas ou dobráveis. 

Apple trabalha em displays micro oled
Displays micro OLED podem ser usados nos primeiros óculos de realidade virtual da Apple

Ainda, de acordo com as informações, a Apple trabalha em displays micro OLED e microLED visando diminuir a dependência de outras empresas como a Samsung, que é a principal fornecedora de telas OLED usadas no iPhone 12. Se a Apple conseguir produzir suas próprias telas, isso pode representar uma economia para empresa, já que os painéis fornecidos pela Samsung são considerados um dos componentes mais caros dos iPhones 12. Vale ressaltar que a TSMC já trabalha com a Apple na fabricação dos chips da série A, que são usados nos iPads e iPhones, e dos novos chips M1 usados nos MacBooks.

Fonte: The Verge; MacRumos; Nikkei Asia; MSPowerUser; CNET

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário