CEO da Apple manda indireta ao Facebook sobre o futuro da realidade aumentada

Capa Zuckerberg e Tim Cook
Tim Cook acredita que no futuro a realidade aumentada fará mais parte do nosso cotidiano do que a realidade virtual; Mark Zuckerberg discorda

O CEO da Apple, Tim Cook, aparentemente resolveu mandar uma indireta para Mark Zuckerberg ressaltando que os próximos anos serão da realidade aumentada, dando a entender que a realidade virtual (aposta do Facebook) não terá o mesmo impacto.

O fato ocorre no último dia 20 de janeiro, em Dublin, quando Cook estava conversando com Martin Shanahan, CEO da IDA Ireland, que é a agência responsável pela atração e retenção de investimentos estrangeiros (via Silicon Republic) enquanto recebia um prêmio pelo investimento da Apple no país.

Cook foi perguntado como ele prevê a tecnologia para os próximos dez anos, e ele respondeu que entende a realidade aumentada (AR, na sigla em inglês) como grande parte do futuro e que “permeará a vida de todos nós”.

“Penso em algo que não isole as pessoas. Podemos usar [a tecnologia AR] para incrementar nossa discussão, não substituindo a conexão humana, algo que sempre me preocupou referente a outras tecnologias”.

Tim Cook, CEO da Apple

Apesar de Cook não se referir explicitamente, quando ele cita “outras tecnologias” ele quer dizer, muito provavelmente, sobre os esforços do Facebook em trabalhar com o sistema de realidade virtual.

Realidade aumentada VS Realidade Virtual

O usuário "entra" na realidade virtual através de um dispositivo como o Oculus Rift, por exemplo (Foto: Reprodução)
O usuário “entra” na realidade virtual através de um dispositivo como o Oculus Rift, por exemplo (Foto: Reprodução)

Mesmo semelhantes, a realidade aumentada e a realidade virtual são duas tecnologias distintas. A primeira projeta imagens para o mundo externo, enquanto a segunda requer que o usuário coloque um capacete, imergindo-o em um mundo virtual (foto acima).

Apostando que a realidade virtual seria a tecnologia “do futuro”, o Facebook acabou adquirindo a companhia Oculus, famosa por desenvolver essa tecnologia, por US$ 2 bilhões em 2014.

Na época, Zuckerberg disse que a tecnologia seria o futuro da computação, mas em outubro de 2019 ele concedeu uma entrevista dizendo que a tecnologia estava demorando “mais que o esperado” para emplacar.

Além disso, em 2019 a rede social lançou o Horizon, um novo mundo em realidade virtual do Facebook.

Previsões de Tim Cook com a realidade aumentada

Tim Cook acredita que a realidade aumentada fará parte do nosso cotidiano e transformará nossa forma de interagir com o mundo (Foto: Reprodução)
Tim Cook acredita que a realidade aumentada fará parte do nosso cotidiano e transformará nossa forma de interagir com o mundo (Foto: Reprodução)

Cook diz que a AR pode ajudar as pessoas em diversas tarefas do cotidiano.

“Você pode estar em baixo de um carro trocando seu olho, e não saber exatamente como fazê-lo. Você pode usar a Realidade Aumentada”.

Tim Cook, CEO da Apple

Quanto ao ramo da saúde, ele diz também se sentir “extremamente empolgado” com o que a tecnologia pode proporcionar.

“Vejo que essa intercessão [realidade aumentada e cuidados com a saúde] ainda não foi muito bem explorada. Não há muita tecnologia associada com a saúde a menos que sejam casos muito graves”.

Tim Cook, CEO da Apple

O CEO da Apple também acredita que, além da realidade aumentada servir para prevenir eventuais problemas de saúde, ela também servirá para as pessoas terem uma qualidade de vida melhor.

E você? Acredita que o futuro será da realidade aumentada ou da realidade virtual? Deixe sua opinião nos comentários!

Fonte: Business Insider

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário