Alphabet divulga receitas do 4ª trimestre fiscal de 2019

alphabet
A Alphabet anunciou hoje as receitas do Google no Quarto trimestre de 2019, e pela primeira vez divulgou as receitas do Youtube
Anúncio
Samsung  campanha  Connected Living para promover conectividade de produtos  do lar

A Alphabet anunciou hoje as receitas do quarto trimestre de 2019. Este é o primeiro relatório em que o Google divulgou exatamente quanto dinheiro ganha com o YouTube e o Google Cloud. Foram US$ 46,075 bilhões em receita total, sendo US$ 4,7 bilhões em receita do YouTube e US$ 2,6 bilhões em Cloud.

A receita aumentou 17% em relação aos US $ 39,27 bilhões no quarto trimestre de 2018, com lucro operacional em US$ 9,27 bilhões e lucro líquido de US$ 10,67 bilhões neste trimestre. Para efeitos de comparação, a Alphabet registrou US$ 40,49 bilhões em receita e US $ 7,06 bilhões em receita líquida no último trimestre.

“Nossos investimentos em ciência da computação profunda, incluindo inteligência artificial, computação ambiental e computação em nuvem, fornecem uma base sólida para o crescimento contínuo e novas oportunidades em toda a Alphabet.”

Sundar Pichai, CEO da Alphabet e do Google.

Alphabet divulga números do YouTube pela primeira vez

Olhando mais de perto os números do YouTube, sua receita total para 2019 chega a US$ 15,1 bilhões e representa cerca de 10% de toda a receita do Google. Quando você compara isso ao fato de o Google ter comprado o YouTube em 2006 por US$ 1,65 bilhão, é notável o crescimento da plataforma.

Sundar Pichai, CEO da Alphabet e do Google, divulgou pela primeira vez as receitas do YouTube.

As “outras receitas do Google” – que incluem receitas de hardware, Play Store e do YouTube que não anunciam publicidade – registraram US$ 5,26 bilhões, contra US$ 4,77 bilhões no mesmo trimestre do ano passado, um crescimento impressionante já que agora o Cloud é avaliado separadamente.

No geral, a receita do Google no quarto trimestre de US$ 37,57 bilhões foi menor do que o previsto, de US$ 38,38 bilhões. A empresa superou sua receita de US$ 31,84 bilhões no quarto trimestre de 2018, mas as ações do GOOG ainda caíram após o relatório.

A Search, serviço de pesquisa e ferramenta mais conhecida da plataforma, e uma das maiores fontes de dinheiro do Google, registrou US$ 27,2 bilhões em receita no quarto trimestre e receita total de US$ 98,1 bilhões em todo o ano de 2019.

“Em 2019, entregamos novamente um forte crescimento de receita, com faturamento de US $ 162 bilhões, um aumento de 18% em relação ao ano anterior e de 20% em uma base de moeda constante.”

Ruth Porat, diretora financeira da Alphabet e do Google.

Ainda durante a conferência sobre as receitas do 4ª trimestre fiscal, Sundar Pichai forneceu uma atualização sobre quantos assinantes pagos do YouTube Music e Premium existem. Em maio do ano passado, a Bloomberg informou que haviam 15 milhões de assinantes um ano após o lançamento do YouTube Music. Agora, o YouTube Music Premium e o YouTube Premium tem 20 milhões de assinantes, combinados.

Em comparação, a Apple Music registrou cerca de 60 milhões de assinantes em meados de 2019, enquanto a Amazon Music acaba de anunciar 55 milhões de membros, e o Spotify lidera em 113 milhões de assinantes.

YouTube Music Premium e o YouTube Premium tem 20 milhões de assinantes, combinados, informa a Alphabet.

Outros dados que foram divulgados foram os números da Youtube TV, que em março do ano passado marcava cerca de 1 milhão de assinantes. O serviço custa US$ 49,99 por mês, e inclui mais de 70 canais, de transmissão a cabo, além de ter aplicativos disponíveis na maioria das telas hoje.

Sundar Pichai também observou uma taxa anual de execução de receita de US$ 3 bilhões para essas assinaturas e outras receitas que não são de publicidade, mas com custos mais altos de aquisição de conteúdo.

Receitas de Hardware nada animadoras

Em relação às vendas de Pixel, as coisas não são tão animadoras. As vendas do celular da companhia não têm sua própria categoria, mas são agrupadas no “Outras receitas do Google”, que gerou US$ 5,3 bilhões em receita no quarto trimestre.

Isso representa um aumento de 10% em relação ao ano anterior, com a diretora financeira da Alphabet, Ruth Porat, dizendo que o aumento foi impulsionado principalmente pelo crescimento no YouTube e no Play, compensado pela queda no hardware. Se levarmos em conta que esse período é o trimestre de Natal, entende-se que as vendas foram bem abaixo do esperado.

Fonte: 9to5Google

1 Comentário

Clique aqui para postar um comentário